Google Tag Manager

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Florais de Minas - Zinnia


Posted by Picasa



ZINNIA (Zinnia elegans) – Moças-e-velhas

Para os caso em que os indivíduos não assumem a própria responsabilidade pes­soal; ressentidos, amargurados e rancorosos; tristeza; mau humor.

A zínia tem vários nomes populares. Como nasce em qual­quer lugar, costumam chamá-Ia, de uma maneira carinhosamente satírica, de maria-sem-vergonha, viúva regateira e outros nomes semelhantes.
A personalidade Zinnia pode ser amargurada, sofre na adversidade, lamenta-se por tudo e com todos, guarda ressentimentos, julga a vida pelas vitórias que conquista e não aceita que algo saia dife­rente do que planejou. Pode culpar aos outros por suas derrotas, pode ser queixo­sa, irritada, mal-agradecida.  As vezes, sente-se vítima do destino, inveja a sorte dos outros, res­munga por qualquer motivo. Pode ser de difícil relacionamento; perde o interesse pelas coisas de que gostava e não entende por que os dissabores acontecem com ela: "Logo comigo! Eu não merecia isso..." E torna-se lamurienta e os outros passam a evitá-Ia.
A essência floral Zinnia lapida e descontrai essas personali­dades, dando-Ihes alegria de viver. Ajuda essas pessoas ao fazê-­Ias perceber que só serão felizes quando abrirem seus pensamentos aos aspectos positivos da existência.


  


As pessoas deste tipo podem ter mau humor e as vezes sentir ingratidão. A personalidade se apresenta nestes casos ressentida, amargurada e negativista, que culpa a todos pela sua própria adversidade. Pode  ter índole agressiva, queixo­sa, provocadora, irritável e as vezes sente-se vítima do destino. Dificilmente suporta as afrontas, as repreensões alheias e os obstáculos. Magoando-se facilmente; para aquela personalidade exageradamente séria, triste e às vezes tétrica, que tende a se identificar com o lado negro da vida, com a escuridão, com a noite, com as cores cinzas ou enegrecidas, que costuma invejar a sorte alheia e resmunga.

O estado desarmônico de Zinnia pode crescer gradatívamente com a idade, na medida em que a pessoa se aprisiona a uma vida banal, utilitária e sóbria, desprovida de leveza e da alegria infantil.


Os traços fisionômicos tendem a refletir o estado de desapontamento da alma: a testa pode se apresentar excessivamente enrugada, resultado da forte introversão, das preocupações e da necessidade de diminuir a intensidade da luz que alcança os olhos; a face tende a se revelar prematuramente envelhecida; os cantos labiais se mostram caídos, encurvados como num choro, representando a lamentação interior.

 O bloqueio de energias possibilita a instalação de qualquer tipo de patologia, principalmente aquelas que implicam autodescontrole psíquico ou físico.

 A personalidade precisa aprender a gozar a beleza e o encanto natural da vida, despertando a criança interior que todos têm dentro de si, mas que permanece adormecida. Às vezes falta-lhe a gratidão interna e natural pelo simples mas estupendo fato da existência. Mesmo sabendo que as alegrias terrenas são efêmeras e transitórias, é preciso saber aproveitá-Ias como dons gratificantes e temporários.

A essência permite uma conexão com planos vibratórios que invadem a mente com pensamentos construtivos, penetram as emoções com sentimentos alegres e desenvolvem a capacidade de reconhecer a própria responsabilidade pessoal.


Zinnia é uma herbácea de grande beleza ornamental também conhecida como Moças-e-velhas e Zabumba. 

O nome popular Moças-e-velhas aparece pelo fato de a planta apresentar simultaneamente flores novas, em botões, e flores murchas, na mesma florada.

Isto traz ainda a conotação da convivência harmoniosa entre alegria e seriedade, entre jovialidade e maturidade.

O conjunto floral multicor é muito magnético e desperta sentimentos de alegria e de descontração, embora permeados de alguma seriedade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...