Google Tag Manager

terça-feira, 26 de junho de 2012

Lego Game na metodologia Lean Manufacturing

Lego Game na Metodologia Lean Manufacturing












Fonte: http://www.takttime.net/takt-consultoria/mini-curso-metodologia-de-implementacao-de-projetos-lean/



 – 1º Round dinâmica do Lego Game (30 min)











– Metodologia Takt para implementação de projetos lean (30 min)
1. Acreditar na Mudança;
2. Mapeamento de Fluxo de Valor;
4. Train The Trainers;
5. Conhecer o Gemba;
6. Simular e Implementar;
7. Multiplicar e Expandir os Ganhos.
 – Fluxo unitário e a redução do leadtime, calculo takt time (25 min)
– Intervalo

– Células de Produção vs. Linhas de Produção (15 min)10:05 às 10:25 – Mockup & Cell Design, balanceamento (10 min)
2º Round dinâmica do Lego Game (35 min)
Conversion Cost e analisar resultados (10 min)
Sorteio de brindes e agradecimentos (15 min)

Para saber mais. clique em Mais informações abaixo




Plug GameJOGO DA FÁBRICA DE PLUGUES – CONCEITO ONE PIECE FLOW

Esta simulação demonstra as vantagens de um sistema just-in-time e a criação de fluxo na produção. Na versão mais completa do jogo, com 5 rodadas, utilizam-se até caixa de nivelamento, supermercados emizusumashi.
No primeiro round, os participantes vão ter que montar uma linha de produção em massa, fazer a árvore de montagem do produto, balancear os postos de trabalho e tentar atender a demanda. Depois de 10 minutos de simulação, são calculados os pontos de cada equipe baseando-se no nível de serviço, estoque em processo e produtividade.
O fábrica vai evoluindo… ao final de cada round, há uma pausa pra a explicação de um novo conceito lean que os participantes colocarão em prática na rodada seguinte. Ao final do jogo, a equipe terá criado uma célula de montagem funcionando com one-piece-flow, utilizando kanbans, caixa de nivelamentotakt time e dimensionado supermercado.
Entre os conceitos explorados no jogo destacamos:
Vantagens da produção puxada vs. empurrada;
A diferença entre processamento em lote e uma peça por vez;
fluxo de informação do kanban e quadro de nivelamento;
Balanceamento das operações;
Dimensionamento de supermercado;
Diferença entre mizusumashi (circuito fixo) e rebocador / empilhadeira (atendimento por solicitação).
Este jogo é ideal para supervisores e coordenadores de produção.
Participantes: de 6 a 20 pessoas.

Lean Game - SMEDJOGO DO SMED – REDUÇÃO DE SETUP

O jogo do SMED é uma forma prática de aprender a transformar os setups internos em setups externos. A máquina utilizada no na simulação contém partes mecânica, pneumática, setup de cor e alteração de software. Ou seja, uma máquina bastante comum  nas indústrias de usinagem por CNC, embalagem, plástico, etc.
Durante a simulação, os participantes terão oportunidade de executar todos os passos necessários para reduzir o tempo de troca de ferramenta:
Analisar/filmar o processo atual;
Separar setup interno do setup externo;
Converter setup interno em externo;
Adotar operações paralelas;
Eliminar ajustes.
Este jogo é ideal para supervisores, equipe de manutenção e operadores de máquinas.
Participantes: de 2 a 8 pessoas. 

Lean Lego Game
JOGO DO LEGO – 5S, TRABALHO PADRONIZADO E GESTÃO VISUAL

Este jogo é ideal para demonstrar os benefícios de uma estação de trabalho bem organizada e com uma gestão visual bem feita.
No primeiro round do jogo os participantes as vezes nem conseguem montar o produto ou demoram mais de 10 minutos para fazê-lo. Depois de algumas melhorias o tempo cai para cerca de 1 minuto.
Entre os conceitos aprendidos podemos destacar:
Organização do bordo de linha;
Utilização de cores para acelerar o processo de montagem;
Elaboração de normas de trabalho visuais;
 
Este jogo é ideal para operadores do chão de fábrica.
Participantes: de 2 a 6 pessoas.

Jogo da Catapulta - Lean GameJOGO DA CATAPULTA – SIX SIGMA

Este jogo é excelente para demonstrar o benefício do controle de variáveis no processo.
A catapulta é projetada para atirar uma bola de ping-pong em 3 bonecos de playmobil localizados cerca de 3 a 4 metros de distância.
No começo do jogo, os participantes não conseguem derrubar os bonecos, muito menos os 3 bonecos em uma única vez. No último round, já se torna possível derrubar os 3 bonecos com um único lançamento e com uma confiabilidade de até seis sigmas!
“No começo era impossível acertar o alvo. Mas depois que entendemos a relação entre as variáveis e o resultado final, definimos um trabalho padronizado que qualquer operador é capaz de acertar o alvo desde a primeira tentativa. Incrível.”
 
Este jogo é ideal para supervisores e operadores de máquina.
Participantes: de 2 a 6 pessoas. 

Frog Factory Lean GameJOGO DOS PÁSSAROS – QUALIDADE NA FONTE

Não aceitar erros. Não produzir erros. Não passar erros. É exatamente isso que os participantes deste lean game vão aprender.
Os custos de não-conformidades crescem à medida que vão chegando mais próximo do cliente final. Reduzir os custos da não qualidade e retrabalho é corrigir os defeitos logo em seguida que os mesmos são produzidos.
Uma inspeção ao final de cada operação pode sair caro. Contudo, mais caro ainda é entregar um produto defeituoso para o cliente e depois ter que substituí-lo. O jogo dos pássaros retrata justamente isso.
Numa segunda fase, a simulação foca no desenvolvimento de poka-yokes para eliminar o custo com inspeções e atingir o nível de zero defeito. Um jogo bastante interessante para os conceitos de qualidade na fonte.
Este jogo é ideal para engenheiros de processo, operadores e equipe de qualidade.
Participantes: de 6 a 10 pessoas.

Origami Barco a Vela - Lean GameJOGO DO BARCO – CONCEITOS PRODUÇÃO PUXADA E EMPURRADA

Este jogo serve para mostrar as diferenças entre produção puxada e empurra utilizando barquinhos de papel.
O jogo enfatiza o custo da superprodução – a maior de todas as perdas. Ao final do round 1 os estoque intermediários vão ser gigantescos, a produtividade de cada operador será altíssima, mas a receita gerada será pequena.
No round 2, utilizando um sistema puxado, com atividades bem balanceadas, os barquinhos serão produzidos para repor um supermercado de produto acabado. Os estoque intermediários serão de apenas uma peça e a receita gerada será muito mais alta que a do primeiro round.
Entre os conceitos explorados no jogo destacamos:
Vantagens da produção puxada vs. empurrada;
A diferença entre processamento em lote e uma peça por vez;
Balanceamento das operações;
Dimensionamento de supermercado;
Este jogo é ideal para supervisores e coordenadores de produção.
Participantes: de 6 a 20 pessoas.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...