Google Tag Manager

domingo, 17 de março de 2013

Mensagem de Zartur Lider da Falange dos Hindus


MENSAGEM DO MESTRE ZARTUR












Mestre Zartur ou Zartú - Lider da Falange dos Hindús.

Meus filhos recebam a Luz de Oxalá 
em vossos lares.

O ensinamento não pode esperar a 
eventos ou engiras. E os eventos têm um 
objetivo definido e não deve mudar se 
podemos pedi-lhes e ensinar-lhes por outros 
canais, não é verdade? 

Vocês, seres humanos que são, criam 
entre si laços de amizades fortes e, nesta 
amizade, deixam de respeitar algumas regras 
básicas e criam certa confiança entre vocês.
Nesta situação, por vezes, se utilizam 
de palavras ou frases comumente usadas 
para ofender-se em tom de brincadeira e 
encaram isso com 
alegria, não se 
importando pela quebra 
de protocolo. E deixam 
de se respeitarem 
mutuamente, por vezes 
usando palavras que não me atrevo a sequer 
ouvir, pois conheço o significado.

É importante dizer que uma palavra é 
um verbo, e verbo é ação, portando uma 
ordem a ser cumprida. Tenham em mente, 
que seja por simpatia ou que seja por 
antipatia, sempre tem alguém no plano 
espiritual pronto a obedecer as suas ordens e 
uma ordem dada é uma ordem cumprida.

Cuidado com suas palavras, mesmo 
em brincadeiras entre você e aqueles que 
chamam de amigos.

O que torna esta postura mais perigosa 
é que depois de algum tempo, trabalhando 
com a espiritualidade é comum tentarem esta 
quebra de protocolo com a espiritualidade, 
por ser normal na vida de vocês e se 
sentirem no direito de tratar à espiritualidade 
da mesma forma e com os mesmos modos. 
Para quem age desta forma, dirigir-se a 
uma entidade passa a ser um simples ato ou 
uma simples palavra. Mas para nós, as 
entidades, que desconhecemos seus modos, 
soam como ofensa, e para um Xangô a 
ofensa é mais grave ainda.

Assim sendo, meus filhos, vos peço 
para mudarem vosso comportamento na 
carne, refletindo a cada dia, sobre o seu dia, 
o que fez de certo e o que fez de errado e se 
não for possível, por 
estes modos estarem 
mudem este 
comportamento no 
terreiro e nos locais 
sagrados, como o campo 
santo, uma igreja, uma cachoeira e demais 
pontos de forças conhecidos por vocês.

Desculpem pela aspereza das 
palavras, mas acontece que preciso falar em 
tom de ordem e como tal deve ser cumprida. 
Não admitimos de forma alguma desrespeito 
com qualquer uma das linhas em terra e as 
punições, tenham certeza que serão muito 
severas. Afinal, estamos aqui para provocar 
mudanças e buscamos sempre o melhor para 
todos, não é verdade?

Que nosso Pai Xangô os equilibre 
sobre a terra.
[Mestre Zartur]
Medium: João Barbosa Júnior
01/12/2012 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...