Google Tag Manager

quinta-feira, 4 de abril de 2013

O que e Quimbanda

O que é Quimbanda
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Quimbanda
Quimbanda
(Exu João Caveira)


Religiões afro-brasileiras
Princípios básicos

Deus
Ketu | Olorum | Orixás
Jeje | Mawu | Vodun
Bantu | Nzambi | Nkisi

Templos afro-brasileiros
Babaçuê | Batuque | Cabula
Candomblé | Culto de Ifá
Culto aos Egungun | Quimbanda
Macumba | Omoloko
Tambor-de-Mina | Terecô |Umbanda
Xambá | Xangô do Nordeste
Sincretismo | Confraria

Literatura afro-brasileira
Terminologia
Sacerdotes
Hierarquia

Religiões semelhantes
Religiões Africanas Santeria PaloArará Lukumí Regla de OchaAbakuá Obeah


Quimbanda é uma ramificação da Umbanda desde a sua fundação pelo médium brasileiro Zélio Fernandino de Morais, já que o mesmo admitiu ter um exu ordenado por seus guias. O princípio norteador é o de trabalhar respeitando as leis da Umbanda, uma vez que essas entidades são comandadas pelas entidades da Umbanda, que é a sua matriz.


Índice
1 História
2 Alguns exus
3 Algumas Pombagiras
4 Fontes

História

A Quimbanda é a ramificação na qual atuam os exus e pombagiras, também chamados de povos de rua. Eles manipulam forças negativas, o que não significa que sejam malignos. Geralmente estão presentes em lugares onde possam haver kiumbas, obsessores também conhecidos como espíritos atrasados. Os exus e pombagiras trabalham basicamente para o seu desenvolvimento espiritual, com o intuito de evolução espiritual, além de proteção de seu médium. Como são as entidades mais próximas à faixa vibratória dos encarnados, apresentam muitas semelhanças com os humanos.

A entrega de oferendas é comum na Quimbanda, assim como na Umbanda, mas variam de acordo com cada entidade. Podem ser oferecidas bebidas alcoólicas, tais quais, cachaça (marafo), uísque ou conhaque, entre outras, além de velas e charutos.

Não se deve confundir a Quimbanda com a Kiumbanda, popularmente conhecida como magia negra, que não respeita os princípios fundamentais da Umbanda.

Um verdadeiro exu jamais profere palavrões, ou mesmo indica ações contrárias ao bem. Quando a Umbanda foi fundada, em 1908, pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, através do médium Zélio Fernandino de Moraes, houve a resolução de que seria fundamentada nos ensinos de Jesus Cristo. Sendo assim, as entidades que incorporam nos terreiros seguem e respeitam este preceito que fundamentado na religião. Os exus executam sua função de forma competente e objetiva sem muitos rodeios, pois estão em busca também de sua evolução espiritual.

Portanto, são soldados prontos a proteger e assegurar que espíritos malfeitores não promovam o mal ao terreiro e a seu médium.
Alguns exus
Exu 7 Catacumbas
Exu 7 Cruzeiros
Exu 7 Cruzeiros do Rosário
Exu 7 Cruzes
Exu 7 da Lira
Exu 7 Encruzilhadas
Exu 7 Porteiras
Exu Arranca Toco
Exu Caveira
Exu Capa Preta
Exu Caveirinha
Exu Catacumbas
Exu Corcunda
Exu das Almas
Exu do Lodo
Exu da Morte
Exu Gira-Mundo
Exu Gepeto
Exu João Caveira
Exu Lúcifer
Exu Barabô
Exu Maioral
Exu Mangueira
Exu Meia-Noite
Exu Mirim
Exu Morcego
Exu Pimentinha
Exu Tata Caveira
Exu Tiriri
Exu Tranca Rua das Almas
Exu Tranca Rua de Imbaré
Exu Tranca-Tudo
Exu Toquinho
Exu Veludo
Exu do Cemitério
Exu Vira-Mundo
Exu Poeira
Exu Gargalhada
Exu Labareda
Exu Gato Preto
Exu Capa de Aço
Algumas Pombagiras
Pombagira Dama da Noite
Pombagira Maria Padilha
Pombagira Maria Quitéria
Pombagira Maria Mulambo
Pombagira Maria Mulambo das Sete Catacumbas
Pombagira 7 Saias
Pombagira Cigana
Pombagira Cigana das almas
Pombagira Mirongueira
Pombagira Mocinha
Pombagira Rainha
Pombagira Sete Calungas
Pombagira da Calunga
Pombagira das Almas
Pombagira das Sete Encruzilhadas
Pombagira do Cruzeiro
Pombagira Gira-Mundo
Pombagira Rainha das Rainhas
Pombagira Rainha Sete Encruzilhadas
Pombagira Rainha do Cemitério
Pombagira Maria Padilha Das Almas
Pombagira Maria Rosa
Pombagira Tata Mulambo do Cais
Pompagira do Coqueiro
Pombagira Rosa Caveira
Pombagira Maria Caveira
Pombagira Tata Caveira
Fontes
BANDEIRA, Cavalcanti. O que é a Umbanda. Rio de Janeiro: Editora Eco, 1973;
FONSECA, José Alves. Umbanda, religião brasileira. Rio de Janeiro, 1978;
FREITAS, João de. Exu na Umbanda. Rio de Janeiro: Editora Espiritualista, 1970.
SOUZA, Ortiz Belo. Umbanda na Umbanda. São Paulo: Editora Portais de Libertação, 2012.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...