Google Tag Manager

sábado, 13 de julho de 2013

Prof Joao Luiz Gasparin

Professor João Luiz Gasparin










Fonte Youtube, confira em http://www.youtube.com/watch?v=pxMIN8GSEaA

Estimado leitor, segue abaixo o que pude apreender das palavras do Prof. Dr. Gasparin.
Caso algo esteja errado, deve-se a mim, Jorge Purgly.

A vantagem da aplicação da perspectiva histórico-critica através da sua metodologia é que o aluno aprende.

Partimos do materialismo histórico-dialético. O processo é dialético por ser a prática sustentada pela teoria.
A teoria do conhecimento tem origem em Karl Marx, pois partimos da materialidade. Veja tambem os conceitos de pedagogia hstórico-crítica formulada por Saviani.

O que é prática?
É o fazer humano.
Prática social é o ser humano como um todo.

O que é teoria?
Teoria é a prática na sua dimensão abstrata. São os conteúdos, princípios, normas, regras em sala de aula.
Toda teoria é sempre uma expressão da prática.

O que é problematizar?
Problematizar significa perguntar. Lançar um desafio.

O que é catarse?
Catarse, entre outras coisas, é o grito intelectual. A descoberta. O estalo. Eureka!



Os 5 passos do processo histórico-crítico: um método prático de ensinar conteúdo.

1- Prática do conteúdo a ser ensinado.
Além dos objetivos, devemos nos perguntar ao preparar a aula: Este aprendizado é para que?
1.1-Ponto de partida
     - Listagem do conteúdo: unidade, tópicos, objetivos

1.2- Manifestação da vivência do conteúdo
      - O que o aluno já sabe.
      - O que o aluno gostaria de saber a mais?

2- Problematização
2.1- Discussão sobre os principais problemas postos pela prática social e pelo conteúdo.
2.2- Dimensões do conteúdo a serem trabalhadas

3- Instrumentalização
3.1- Ações docentes e discentes para a construção do conhecimento.
3.2- Recursos humanos e materiais.

4- Catarse
4.1- Recriar o conhecimento de modo que faça sentido para o educando. Elaboração teórica da síntese, da nova postura mental. Totalidade concreta. Passar a ver com outros olhos. Exemplo: O Choque do Futuro de Alvim Tofler.
4.2- Expressão da síntese: avaliação atendendo à dimensões trabalhadas. 
Prova: É preciso o aluno mostrar o que ele aprendeu.

5- Nova prática social do conteúdo - Transformação social.
O ponto de chegada do conteúdo apresentado.
Declaração de intenções do aluno daqui para frente.
Uma nova atitude sobre o conceito.
Ações do aluno.

Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.



O livro citado é apresentado em 5 capítulos, um para cada passo da metodologia.

1- Prática Social do conteúdo a ser ensinado.
Ex. Unidade, tópicos, autores

2- Problematização
Ex. O que já conhecem?
Ex. O que gostariam de saber mais?

3- Instrumentalização
Respostas às questões levantadas
Recursos

4- Catarse
Síntese mental do aluno.
Ex. Dimensão legal,
Dimensão cultural,
Dimensão histórica,
Dimensão econômica,
Dimensão prática/educacional.

Avaliação
Ex. Explicitação
Conceitual
Histórica
Cultura
Política
Legal
Prática/Educacional

5- Prática Social - Nova vivência do conteúdo apreendido.
Intenções - Ações possíveis
Pretendo. - Participarei
Quero. -Entrevistarei
Gostaria de. - Lerei
Tenho vontade de. - Realizarei
Tenho intenção de. - Escreverei e publicarei.

As pluridimensões representam a interdisciplinaridade.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...