Google Tag Manager

domingo, 25 de agosto de 2013

Padre Cicero e o Auto da Compadecida

Padre Cicero








Padre Cícero
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Padre_C%C3%ADcero

Cícero Romão Batista

Padre Cícero com cerca de oitenta anos
São Cícero do Juazeiro, Padim Cíço
Canonização 1973, Maceió por Igreja Católica Apostólica Brasileira
Festa litúrgica 20 de julho
Portal dos Santos


Cícero Romão Batista (Crato, 24 de março de 1844Juazeiro do Norte, 20 de julho de1934) foi um sacerdote católico brasileiro

Na devoção popular, é conhecido como Padre Cícero ou Padim Ciço.1 Carismático, obteve grande prestígio e influência sobre a vida social, política e religiosa do Ceará bem como do Nordeste.

Em março de 2001, foi escolhido "O Cearense do Século" em votação promovida pela TV Verdes Mares em parceria com a Rede Globo de televisão 2 .

Em julho de 2012, foi eleito um dos "100 maiores brasileiros de todos os tempos" em concurso realizado pelo SBT com a BBC.3

Índice
1 Biografia
1.1 Ordenação
1.2 Chegada a Tabuleiro Grande
1.3 Apostolado
1.4 Suposto milagre
1.5 Política
1.6 Ligação com o cangaço
1.7 Falecimento
2 Ver também
3 Referências
3.1 Bibliografia
4 Ligações externas

Biografia


Proprietário de terras, de gado e de diversos imóveis, Cícero fazia parte da sociedadepolítica conservadora do sertão do Cariri.

 Sempre teve o médico Floro Bartolomeu como o seu braço direito, e integrava o sistema político cearense que ficou sob o controle da família Accioli durante mais de 2 décadas.

Nascido no interior do Ceará, era filho de Joaquim Romão Batista e Joaquina Vicência Romana, conhecida como dona Quinô. 

Ainda aos 6 anos, começou a estudar com o professor Rufino de Alcântara Montezuma.

Um fato importante marcou a sua infância: o voto de castidade feito aos 12 anos, influenciado pela leitura da vida de São Francisco de Sales4 .

Em 1860, foi matriculado no colégio do renomado padre Inácio de Sousa Rolim, em Cajazeiras na Paraíba

Aí pouco demorou, pois a inesperada morte de seu pai, vítima de cólera em 1862, o obrigou a interromper os estudos e voltar para junto da mãe e das irmãs solteiras. 

A morte do pai, que era pequeno comerciante no Crato, trouxe sérias dificuldades financeiras à família de tal sorte que, mais tarde, em 1865, quando Cícero Romão Batista precisou ingressar no Seminário da Prainha, em Fortaleza, só o fez graças à ajuda de seu padrinho de crisma, o coronel Antônio Luís Alves Pequeno4 .

Ordenação

Durante o período em que esteve no seminário, Cícero era considerado um aluno mediano e, apesar de anos depois arrebatar multidões com seus sermões, apresentou notas baixas nas disciplinas relacionadas à oratória e eloquência5 .

Cícero foi ordenado padre no dia 30 de novembro de 1870

Após sua ordenação retornou ao Crato e, enquanto o bispo não lhe dava paróquia para administrar, ficou a ensinar latim no Colégio Padre Ibiapina, fundado e dirigido pelo professor José Joaquim Teles Marrocos, seu primo e grande amigo.

Chegada a Tabuleiro Grande

Estátua do Padre Cícero na colina do Horto, em Juazeiro do Norte

No Natal de 1871, convidado pelo professor Simeão Correia de Macedo, o padre Cícero visitou pela primeira vez o povoado de Juazeiro (numa fazenda localizada na povoação de Juazeiro, então pertencente à cidade do Crato), e ali celebrou a tradicional missa do galo.

O padre visitante, então aos 28 anos, estatura baixa, pele branca, cabelos louros, penetrantes olhos azuis e voz modulada, impressionou os habitantes do lugar. 

E a recíproca foi verdadeira. Por isso, decorridos alguns meses, exatamente no dia 11 de abril de 1872, lá estava de volta, com bagagem e família, para fixar residência definitiva no Juazeiro.

Muitos livros afirmam que Padre Cícero resolveu fixar morada em Juazeiro devido a um sonho (ou visão) que teve, segundo o qual, certa vez, ao anoitecer de um dia exaustivo, após ter passado horas a fio a confessar as pessoas do arraial, ele procurou descansar no quarto contíguo à sala de aulas da escolinha, onde improvisaram seu alojamento, quando caiu no sono e a visão que mudaria seu destino se revelou. 

Ele viu, conforme relatou aos amigos íntimos, Jesus Cristo e os doze apóstolos sentados à mesa, numa disposição que lembra a última Ceia, de Leonardo da Vinci

De repente, adentra ao local uma multidão de pessoas carregando seus parcos pertences em pequenas trouxas, a exemplo dos retirantes nordestinos. 

Jesus Cristo, virando-se para os famintos, falou da sua decepção com a humanidade, mas disse estar disposto ainda a fazer um último sacrifício para salvar o mundo. 

Porém, se os homens não se arrependessem depressa, Ele acabaria com tudo de uma vez. 

Naquele momento, Ele apontou para os pobres e, voltando-se inesperadamente ordenou: - E você, Padre Cícero, tome conta deles!
Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.



Apostolado

Imagem em Agrestina

Uma vez instalado, formado por um pequeno aglomerado de casas de taipa e uma capelinha erigida pelo primeiro capelão-padre Pedro Ribeiro de Carvalho, em honra a Nossa Senhora das Dores, padroeira do lugar, ele tratou inicialmente de melhorar o aspecto da capelinha, adquirindo várias imagens com as esmolas dadas pelos fiéis.

Depois, tocado pelo ardente desejo de conquistar o povo que lhe fora confiado por Deus, desenvolveu intenso trabalho pastoral com pregação, conselhos e visitas domiciliares, como nunca se tinha visto na região. 

Dessa maneira, rapidamente ganhou a simpatia dos habitantes, passando a exercer grande liderança na comunidade.

Paralelamente, agindo com muita austeridade, cuidou de moralizar os costumes da população, acabando pessoalmente com os excessos de bebedeira e com a prostituição.

Restaurada a harmonia, o povoado experimentou, então, os passos de crescimento, atraindo gente da vizinhança curiosa por conhecer o novo capelão.

Para auxiliá-lo no trabalho pastoral, o padre Cícero resolveu, a exemplo do que fizera Padre Ibiapina, famoso missionário nordestino falecido em 1883, recrutar mulheres solteiras e viúvas para a organização de uma irmandade leiga, formada por beatas, sob sua inteira autoridade.

Atuou sempre com zelo na recepção dos imigrantes, dentre eles pode-se destacar José Lourenço Gomes da Silva, líder do Caldeirão de Santa Cruz do Deserto.


Suposto milagre

No ano de 1889, durante uma missa celebrada pelo padre Cícero, a hóstia ministrada pelo sacerdote à religiosa Maria de Araújo se transformou em sangue na boca da religiosa. 

Segundo relatos, tal fenômeno se repetiu diversas vezes durante cerca de dois anos. 

Rapidamente espalhou-se a notícia de que acontecera um milagre em Juazeiro.

A pedido de padre Cícero a diocese formou uma comissão de padres e profissionais da área da saúde para investigar o suposto milagre. 

A comissão tinha como presidente o padre Clycério da Costa e como secretário o padre Francisco Ferreira Antero, contava, ainda, com a participação dos médicos Marcos Rodrigues Madeira e Ildefonso Correia Lima, além do farmacêutico Joaquim Secundo Chaves. 

Em 13 de outubro de 1891, a comissão encerrou as pesquisas e chegou à conclusão de que não havia explicação natural para os fatos ocorridos, sendo portanto um milagre.

Insatisfeito com o parecer da comissão, o bispo Dom Joaquim José Vieira nomeou uma nova comissão para investigar o caso, tendo como presidente o padre Alexandrino de Alencar e como secretário o padre Manoel Cândido. 

A segunda comissão concluiu que não houve milagre, mas sim um embuste.

Dom Joaquim se posicionou favorável ao segundo parecer e, com base nele, suspendeu as ordens sacerdotais de padre Cícero e determinou que Maria de Araújo, que viria a morrer em 1914, fosse enclausurada.

Em 1898, padre Cícero foi a Roma, onde se reuniu com o Papa Leão XIII e com membros da Congregação do Santo Ofício, conseguindo sua absolvição. 

No entanto, ao retornar a Juazeiro, a decisão do Vaticano foi revista e padre Cícero teria sido excomungado, porém, estudos realizados décadas depois pelo bispo Dom Fernando Panico sugerem que a excomunhão não chegou a ser aplicada de fato. 

Atualmente, Dom Fernando conduz o processo de reabilitação do padre Cícero junto ao Vaticano.

Em 1973, foi canonizado pela Igreja Católica Apostólica Brasileira (diferente da Igreja Católica Apostólica Romana).

Política

Floro Bartolomeu e Padre Cícero.

Era filiado ao extinto Partido Republicano Conservador (PRC). 

Foi o primeiro prefeito de Juazeiro do Norte, em 1911, quando o povoado foi elevado a cidade

Em 1926 foi eleito deputado federal, porém não chegou a assumir o cargo1 .

Em 4 de outubro de 1911, o padre Cícero e outros 16 líderes políticos da região se reuniram em Juazeiro e firmaram um acordo de cooperação mútua bem como o compromisso de apoiar o governador Antônio Pinto Nogueira Accioli

O encontro recebeu a alcunha de Pacto dos Coronéis, sendo apontado como uma importante passagem na história do coronelismo brasileiro6

Em 1913, foi destituído do cargo pelo governador Marcos Franco Rabelo, voltando ao poder em 1914, quando Franco Rabelo foi deposto no evento que ficou conhecido como Sedição de Juazeiro. Foi eleito, ainda, vice-governador do Ceará.

Ao fim dos anos 20, o padre Cícero começou a perder a sua força política, que praticamente acabou depois da Revolução de 1930. Seu prestígio como santo milagreiro, porém, aumentaria cada vez mais.7

Ligação com o cangaço

Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, era devoto de padre Cícero e respeitava as suas crenças e conselhos. 

Os dois se encontraram uma única vez, em Juazeiro do Norte, em 1926

Naquele ano, a Coluna Prestes, liderada por Luís Carlos Prestes, percorria o interior do Brasil desafiando o Governo Federal. 

Para combatê-la foram criados os chamados Batalhões Patrióticos, comandados por líderes regionais que muitas vezes arregimentavam cangaceiros.

Existem duas versões para o encontro. 

Na primeira, difundida por Billy Jaynes Chandler, o sacerdote teria convocado Lampião para se juntar ao Batalhão Patriótico de Juazeiro, recebendo em troca, anistia de seus crimes e a patente de Capitão8

Na outra versão, defendida por Lira Neto e Anildomá Willians, o convite teria sido feito por Floro Bartolomeu sem que padre Cícero soubesse.

O certo é que ao chegarem em Juazeiro, Lampião e os 49 cangaceiros que o acompanhavam, ouviram padre Cícero aconselhá-los a abandonar o cangaço. 

Como Lampião exigia receber a patente que lhe fora prometida, Pedro de Albuquerque Uchoa, único funcionário público federal no município, escreveu em uma folha de papel que Lampião seria, a partir daquele momento, Capitão e receberia anistia por seus crimes. 

O bando deixou Juazeiro sem enfrentar a Coluna Prestes. pessoas falavam dos milagres do Padre Cícero como estátua era uma ave que ele descansava, após ao falecimento do Padrinho, ao corta árvores ela gemeu e derramou sangue, o cortador da árvore fez uma promessa com o próprio Padre Cícero , faria uma estátua dele no lugar da árvore por isso que hoje em dia existe a estátua do Padre Cícero e fora outros milagres acontecidos.

Falecimento

O padre Cícero faleceu em Juazeiro do Norte em 20 de julho de 1934, aos 90 anos. 

Encontra-se sepultado na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro na mesma cidade do Ceará.

Ver também
Benjamin Abrahão Botto - fotógrafo, foi o "secretário internacional" do padre Cícero.

Padre Cícero - minissérie exibida pela Rede Globo em 1984, tendo como protagonista o ator Stênio Garcia.

Referências

a b Finados: devoção a Padre Cícero deve levar 400 mil pessoas a Juazeiro do Norte. Página visitada em 10 de março de 2010.
Pequena Biografia do Padre Cícero - O Cearense do Século
http://www.sbt.com.br/omaiorbrasileiro/candidatos/
a b Padre Cícero Romão Batista. Página visitada em 9 de março de 2010.
O que Lula e Padre Cícero têm em comum?
O Poder Político em Juazeiro do Norte - Mudancas e Permanências - As Eleições de 2000
Turner Publishing, Inc. e Century Books, Inc. Nosso Tempo - "Padre Cícero: o Santo e o Político". Volume I, pg. 99. Editora Klick. 1995
Lampião (Virgulino Ferreira da Silva)
Bibliografia
AQUINO, Pedro Ferreira de. O Santo do Meu Nordeste - Padre Cícero Romão Batista. São Paulo: Ed. Letras & Letras, 1997. ISBN 85-85-387-63-7
BARBOSA, Geraldo Menezes. Relíquia: o mistério do sangue das hóstias de Juazeiro do Norte. Juazeiro do Norte: Gráfica e Editora Royal, 2004.
________________________. A um Sopro do Infinito. Juazeiro do Norte: Realce, 2007.
CHANDLER, Billy Jaynes. Lampião. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2003.
DELLA CAVA, Ralph. Milagre em Joazeiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.
NETO, Lira. Padre Cícero: Poder, Fé e Guerra no Sertão. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
SILVA, Antenor Andrade. Cartas do Pe. Cícero. Salvador - Bahia, 1982.
SOUZA, Anildomá Willans. Lampião: Nem herói nem bandido... A história. Serra Talhada: GDM Gráfica, 2006.
Ligações externas

O Commons possui multimídias sobre Padre Cícero

O Wikiquote possui citações de ou sobre: Padre Cicero
Página dedicada à vida de Padre Cícero
Site que resume Juazeiro do Norte e seus personagens mais importantes


O Commons possui uma categoria com multimídias sobre Padre Cícero
Categorias:
Naturais do Crato (Ceará)
Padres católicos do Brasil
Ex-padres
Prefeitos de Juazeiro do Norte
Políticos do Ceará
Líderes religiosos
Santos do Brasil

Severino de Aracajú
O Auto da Compadecida


Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Auto_da_Compadecida_(filme)

O Auto da Compadecida (filme)
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Auto da Compadecida
Pôster promocional
Brasil
2000 • cor • 104 min
Produção
Direção Guel Arraes
Produção Guel Arraes
Produção executiva Eduardo Figueira
Daniel Filho
Roteiro Guel Arraes
Adriana Falcão
Criação original Ariano Suassuna

Elenco original 
Matheus Nachtergaele
Selton Mello
Marco Nanini
Denise Fraga
Fernanda Montenegro
Lima Duarte
Rogério Cardoso
Paulo Goulart
Maurício Gonçalves

Gênero comédia/drama
Idioma original português
Música Sá Grama
Estúdio Lereby Produções
Distribuição Globo Filmes
Lançamento 10 de setembro de 2000
15 de março de 2001
30 de novembro de 2002

Página no IMDb (em inglês)
Projeto CinemaPortal Cinema

A Wikipédia possui o

Portal Cinema


O Auto da Compadecida é um filme brasileiro de comédia e drama lançado em 2000


Dirigido por Guel Arraes e com roteiro de Adriana Falcão, o filme é baseado no romance homônimo de 1955 de Ariano Suassuna, com elementos de O Santo e a Porca e Torturas de um Coração, ambas do mesmo autor, e influências do clássico de Giovanni Boccaccio Decameron.1 


O filme recebeu durante o Grande Prêmio Cinema Brasil, evento criado pelo Ministério da Cultura, as premiações de melhor diretor, melhor roteiro, melhor lançamento e melhor ator.2

As filmagens do filme foram feitas em 2000 na cidade de Cabaceiras, interior do estado da Paraíba, conhecida por ser palco de vários outros filmes brasileiros,3 com parceria de produção entre a Globo Filmes e a Lereby Produções

Estreou em 10 de setembro de 2000, no Brasil, e foi exibido em outros países em eventos de cinema e em mídia para distribuição. 

Nos Estados Unidos, o filme foi renomeado como A Dog's Will. (O testamento da cachorra).

Foi recebido com críticas positivas na maioria dos países da América do Sul.

Índice
1 Sinopse
2 Elenco
3 Produção
4 Recepção
5 Prêmios
6 Ver também
7 Ligações externas
8 Referências


Sinopse

O enredo do filme se desenvolve com ambientação no sertão nordestino em torno de dois personagens principais: João Grilo (Matheus Nachtergale), um sertanejo mentiroso e Chicó (Selton Mello), o maior covarde da região. 

Ambos são muito pobres e sobrevivem de pequenos negócios e saques enquanto vagam pelo sertão. 

Em um desses golpes, eles se envolvem com Severino de Aracaju (Marco Nanini), um temido cangaceiro, que os persegue pela região. 

Com uma mistura de drama e comédia, o filme também aborda aspectos culturais e religiosos do nordeste do Brasil.


Elenco

Matheus Nachtergaele como João Grilo
Selton Mello como Chicó
Marco Nanini como Cangaceiro Severino de Aracaju
Fernanda Montenegro como Nossa Senhora (Compadecida)
Denise Fraga como Dora
Lima Duarte como Bispo
Rogério Cardoso como Padre João
Diogo Vilela como Eurico
Maurício Gonçalves como Jesus Cristo
Virginia Cavendish como Rosinha
Paulo Goulart como Major Antônio Morais
Luís Melo como Satanás
Bruno Garcia como Seu Vicentão
Enrique Diaz como Capanga De Severino
Aramis Trindade como Cabo Setenta

Produção

Auto da Compadecida nasceu originalmente como uma peça teatral escrita por Ariano Suassuna em 1957. 

Em 1999, transformou-se em uma microssérie exibida pela Rede Globo, que continha tramas paralelas que acabaram por serem removidas do filme.4 

Nessa época, o diretor Guel Arraes procurou Suassuna para que ele fizesse uma adaptação cinematográfica da peça, acrescentando cenas de outras de suas peças, O Santo e a Porca e Torturas de um Coração

O escritor disse: "Como são obras no mesmo estilo de O Auto, ou seja, com histórias populares, eu aceitei". 

O diretor foi mais além e incluiu influências de Decameron, de Boccaccio, no filme.1 

Entre os fatos omitidos do filme estão o gato que "discome", na qual João Grilo e Chicó tentam enganar Dora, a esposa do padeiro, apresentando-lhe um gato que evacuava moedas de prata; a primeira invasão dos cangaceiros à cidade de Tape.


Recepção

Os atores escolhidos pelo diretor agradaram Suassuna, que disse que Matheus Nachtergaele foi o melhor intérprete para João Grilo. 


Ele afirmou: "Sua atuação é impecável, pois consegue passar toda a esperteza do personagem, que luta contra o patriarcado rural, a burguesia urbana, a polícia, o cangaceiro e até contra o diabo".1 


Elogiando as demais atuações, Suassuna disse que a melhor atriz do filme foi Fernanda Montenegro, no papel de Nossa Senhora. 


"O rosto de Fernanda agora vai se juntar, na minha memória, ao de Socorro Raposo, a primeira atriz a interpretar o papel, no Recife, e que ainda hoje continua encenando, já somando oito anos ininterruptos", disse.1


Prêmios

Grande Prêmio Cinema Brasil
PrêmioVenceu/Indicado
Melhor diretor (Guel Arraes) Venceu
Melhor ator (Matheus Nachtergaele) Venceu
Melhor roteiro Venceu
Melhor lançamento Venceu
Melhor filme Indicado
Cartagena Film Festival
PrêmioVenceu/Indicado
Melhor filme Indicado
Miami Brazilian Film Festival
PrêmioVenceu/Indicado
Prêmio da audiência (Guel Arraes) Venceu
Melhor edição (Paulo Henrique Farias) Indicado
Viña del Mar Film Festival
PrêmioVenceu/Indicado
Melhor ator (Matheus Nachtergaele) Venceu

Ver também

Lista de filmes brasileiros
O Auto da Compadecida (minissérie que deu origem ao filme)

Ligações externas

O Auto da Compadecida (filme) (em inglês) no Internet Movie Database
O Auto da Compadecida no Adoro Cinema
O Auto da Compadecida no Filmow

Referências

a b c d Suassuna aprova "O Auto" de Guel Arraes. Terra (15 de setembro de 2000). Página visitada em 12 de dezembro de 2003.
Destaques do Grande Prêmio Brasil. UOL (21 de fevereiro de 2001). Página visitada em 3 de abril de 2009.
Eduardo Vessoni (15 de março de 2011). Cabaceiras, no interior da Paraíba, é a 'roliúde' brasileira e terra de outros cenários cinematográficos. UOL. Página visitada em 17 de março de 2011.
Guel Arraes transforma série de TV em um bom longa. Veja (13 de setembro de 2000). Página visitada em 2 de dezembro de 2011.

veFilmes dirigidos por Guel Arraes
O Auto da Compadecida (2000) • Caramuru - A Invenção do Brasil (2001) • Lisbela e o Prisioneiro (2003) • Romance (2008) • O Bem Amado (2010)

Portal do cinema
Portal do Brasil
Categorias:
Filmes do Brasil de 2000
Filmes de Guel Arraes
Filmes de comédia do Brasil
Filmes baseados em livros
Filmes baseados em peças de teatro
Filmes em língua portuguesa
Cangaço na ficção

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

O que e um Maven maven e um perito

O que é um Maven?








Maven é um Perito, um Mago do conhecimento, normalmente com uma rede social acima do normal, e que sabe onde buscar a informação certa.


Maven (ingles) = Perito (portugues)

O maven da linguagem = O mago da linguagem, o profundo conhecedor.

O Maven é um perito, um sabedor de algo específico que oferece Microconsultoria na sua área de especialidade.


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre
Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Maven

Um perito (também mavin) é um especialista de confiança em um campo particular, que busca passar conhecimento para os outros. 

A palavra vem do hebraico maven, via iídiche, e significa aquele que entende, com base em um acúmulo de conhecimento. [1]

Conteúdo

1 História

2 Uso

3 Na cultura popular

4 Veja também

5 Referências

História 

A palavra chegou ao Inglês através iídiche meyvn, a partir do final hebraico mēbhīn, que por sua vez é derivado do hebraico mevin (מבֿין), que significa "aquele que entende", e relaciona-se com a palavra binah, o que denota o entendimento ou sabedoria em geral.


 Foi registrado pela primeira vez (por extenso mayvin) em Inglês em 1950 (no padrão judaico de Toronto), e popularizado nos Estados Unidos na década de 1960 por uma série de comerciais criados por Martin Solow para Vita Herring, com "The Maven Herring Amado. " O "Amados Herring Maven" correu em anúncios de rádio de 1964-1968, e foi então trazido de volta em 1983 com Allan Swift, a voz original do Maven. [2]

Muitos sites Vita crédito são famosos por popularizar a palavra maven. 

Um exemplo de um anúncio impresso, incluindo o Maven é: ". Obter Vita em seu supermercado favorito, supermercado ou delicatessen - Diga-lhes o amado Maven me mandou. Você então não vai poupar algum dinheiro:., Mas você vai ter o melhor arenque". [3]

Desde os anos 1980, tornou-se mais comum, já que William Safire adaptou para descrever a si mesmo como "o maven da linguagem". A palavra é essencialmente limitada a Inglês Americano, mas não apareceu com a publicação da edição de 1976 do Terceiro Novo Dicionário Internacional de Webster, que é, no entanto, incluídos na segunda edição de Inglês Oxford Dictionary (1989). Várias pessoas e entidades agora apor maven ou mavin para indicar seus conhecimentos em uma determinada área.

Uso
Malcolm Gladwell usou o termo em seu livro The Tipping Point (Little Brown, 2000) para descrever aqueles que são coletores intensos de informações e impressões, e por isso são muitas vezes os primeiros a captar tendências novas ou nascentes. 

A popularidade da obra de Safire e Gladwell fez a palavra amplamente utilizada em seus contextos particulares. 

Gladwell sugere também que os peritos podem agir de forma mais eficaz quando estão em colaboração com conectores - ou seja, aquelas pessoas que têm ampla rede de conhecidos casuais por quem eles são confiáveis, muitas vezes, uma rede que atravessa muitas fronteiras sociais e grupos. 

Os conectores podem assim facilmente e amplamente distribuir conselhos ou idéias de um perito.







No posfácio de The Tipping Point, Gladwell descreveu uma "armadilha maven" como um método de obtenção de informações de especialistas. 

Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.



No livro, ele deu o exemplo do número de telefone toll-free na parte de trás de uma barra de sabonete Ivory, o que se poderia chamar com perguntas ou comentários sobre o produto. 

Na opinião de Gladwell, somente aqueles que são apaixonados ou bem informados sobre o sabão se dariam ao trabalho de ligar e que este é um método pelo qual a empresa poderia, de forma barata, recolher informações valiosas sobre o seu mercado.

Na teoria de rede e sociologia, um perito é alguém que tem uma influência desproporcional sobre os outros membros da rede. 

O papel do mavens em propagar conhecimentos e preferências foi estabelecido em vários domínios, desde a política às tendências sociais.

Na cultura popular
2007 noir-ish realidade alternativa romance de Michael Chabon Sindicato dos Policiais iídiche continha um caráter fundamental chamada "The Boundary Maven",  " O Mago da Fronteira" cujo conhecimento das regras judaicas ortodoxas em relação à capacidade das pessoas de andar legitimamente dentro de sua propriedade no sábado lhe permitiu usar a corda entre os postes para criar amplas fronteiras "pessoais" para aqueles que estão dispostas a pagar-lhe.

Em Batman The Animated Series, Selina Kyle / Mulher-Gato de "Girl Friday" é nomeado Maven.

No jogo League of Legends vídeo, o título de campeão Sona é "Maven das Cordas". A lore do jogo, a retrata-la como um músico mudo que é um especialista em tocar música, deseja ensinar aos outros sobre isso.

2013 Album de Kino intitulado "The Maven"

Referências

^ Http://dictionary.reference.com/browse/maven

^ "Amados Herring Maven está retornando ao Solow"

^ Advt. em Hadassah News Letter, 30 de abril de 1965
O que é um Pundit? É um comentarista da TV
Pândita
É ser um comentarista de mídia, um consultor de mídia em algum assunto especifico, por exemplo:

O Pelé será o comentarista da Globo na Copa 2014.
O Pelé atuará como Pundit na TV.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre
Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Pundit

Este artigo é sobre um tipo de consultor de mídia. 

Um comentarista (às vezes chamado Talking Head) é alguém que oferece a mídia de massa a sua opinião ou comentário sobre uma área de assunto (análise mais tipicamente política, das ciências sociais ou esporte) em que eles estão bem informados (ou pode, pelo menos, parecem ser conhecedor), ou considerado um estudioso na referida área. 

O termo tem sido cada vez mais aplicados a meios populares personalidades. [1] Em certos casos, pode ser utilizado de um modo derrogativo bem, como o equivalente da política teórica.

Conteúdo

1 Origens

2 Uso atual

2.1 Nos países anglófonos

2.2 Na Europa continental

3 erudito "Backflip"

4 Veja também

5 Referências
O termo se origina do Pandit termo sânscrito, (Pandit), que significa "aprendeu" (ver também Pandit). 

Refere-se a alguém que é erudito em várias disciplinas e que realiza cerimônias religiosas e oferece conselhos ao rei e, geralmente, se refere a uma pessoa a partir da casta brâmane hindu.

Desde pelo menos o início do século 19, um erudito da Suprema Corte na Índia colonial era um oficial da justiça, que
 aconselhou os juízes britânicos sobre questões de direito hindu. 

Em uso anglo-indiano, perito também se referiu a um nativo da Índia, que foi treinado e empregado pelos britânicos para pesquisas em regiões de difícil acesso além da fronteira britânica [2].

No Ocidente de língua Inglesa, especialistas escrevem artigos assinados em mídia impressa (sinopses incluídas), e aparecem no rádio, televisão ou internet com opiniões sobre eventos atuais. 

Especialista de televisão também pode ser referido como Talking Heads. 

Em uma entrevista à televisão BBC após o assassinato de John Lennon, o ex-primeiro-ministro britânico Harold Wilson insistiu que na seleção dos Beatles para a Ordem do Império Britânico, uma honra britânica, ele estava agindo em sua crença de que o grupo pop estava fazendo algo novo que "os especialistas" (pelo qual ele presumivelmente significava pessoas como críticos de música do jornal) não tinha reconhecido. Este uso pejorativo da palavra é uma indicação da baixa estima em que comentaristas (comentaristas especialmente culturais) são realizadas na Grã-Bretanha (especialmente por políticos). 

Punditry tornou-se um veículo mais popular nos noticiários noturnos nas redes americanas de notícias a cabo. 

Um aumento de partidarismo entre especialistas populares começou com Bill O'Reilly, da Fox News Channel. 

Seu formato opinião orientada levou a avaliações sucesso e levou os outros, incluindo Bill Maher, Keith Olbermann, e Nancy Grace para expressar as suas opiniões sobre as questões em seus próprios programas. [3] Andrew Bolt, colunista popular para jornal maior circulação da Austrália, O Herald Sun, é um perito cuja popularidade é igual ao de O'Reilly e seus sucessores.

Ao mesmo tempo, muitas pessoas que aparecem como os especialistas são reconhecidos por ter experiência acadêmica e acadêmico sério no assunto em mãos. 

Exemplos disso são os especialistas Paul Krugman, que recebeu o Prêmio Nobel em Economia, e Stephen Biddle, que recebeu do Exército dos EUA Superior Medalhas Serviço Civil em 2003 e 2006.

Em commentating esportes, um "perito" ou cor comentarista pode ser uma parceria com um locutor de play-by-play, que irá descrever a ação ao pedir o perito para análise. 

Alternativamente, o especialista pode ser solicitado por suas opiniões durante as pausas no jogo.

Na Europa continental

Na Alemanha, França, Rússia, Itália, muitos especialistas alcançaram um status de intelectual público. 

Eles normalmente têm empregos acadêmicos e são conhecidos por suas realizações pessoais em arte, filosofia, economia e áreas afins. 

Ao contrário da América, esses intelectuais qualificados tendem a ser mais conhecidos entre a população e seus pronunciamentos alcançam moeda de largura na mídia. 

Exemplos incluem Jürgen Habermas na Alemanha, Michel Foucault, na França, Umberto Eco, na Itália, e Andrei Sakharov, na Rússia. 

Comentarista "Backflip" - Salto mortal

No jargão político e econômico, um "salto mortal" pode se referir tanto a mudança de sua postura política ou o uso excessivo de retórica para fazer um ponto intencionalmente obscuro e, portanto, livre do escrutínio. 

A frase "Eu não posso fazer backflips, ou dar saltos mortais" tem sido usada para conotar a própria integridade e honestidade em relação a uma determinada posição política.

 Aliás, essas declarações são muitas vezes vistas como" backflips ".

Referências:

Wikimedia Commons possui multimídia sobre: ​​erudito

^ "UN.org". UN.org. 2010-11-22. Retirado 2013/07/08.

^ "Perito, n." no Dicionário de Inglês Oxford

^ "Devaneios Cabo aumentar a audiência". Usatoday.Com. 2006-10-03. Retirado 2013/07/08.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

O melhor do Edmodo Con 2013










O melhor de EdmodoCon 2013


por Edmodo



A quarta-feira, 7 de agosto de 2013, foi marcada o EdmoCon, Terceiro encontro anual! 

Um livre, live-streaming webinar atraiu mais de 25 mil participantes, representando mais de 170 países diferentes. 

EdmodoCon tem hospedado professores e outros educadores influentes que compartilharam as formas criativas e estratégicas em que eles usam ferramentas educacionais digitais Edmodo e outras.

 Foi uma oportunidade para "os professores a participar de workshops e PD a partir do conforto de suas próprias casas", segundo EdSurge.

O evento foi organizado de tal forma que os educadores locais poderiam assistir ao vivo, enquanto milhares se juntaram a partir de seus computadores pessoais. 

Durante o live-stream, os participantes foram capazes de colocar questões sobre a Comunidade EdmodoCon em Edmodo.com, bem como participar de um live-tweet que ocorreu no Twittersphere com a hashtag "# emodocon." 

Com mais de 6.000 menções no Twitter durante todo o dia, EdmodoCon foi um trending topic por 07:45 PST. 

Em apenas 140 caracteres, os milhares de tweets abrangeram a emoção, curiosidade e paixão dentro de nossos usuários Edmodo.
Alguns participantes, como @ cybraryplane, foram vistos em seus pijamas em seus leitos, enquanto outros, como @ jennymurphy, assistiram com seus filhos ao seu lado. 

Ao mesmo tempo, os educadores como @ jmmorales27 em El Paso, Texas, reuniuram-se com os outros em suas áreas para que pudesem ir vendo alguma das partes na duração de um evento de onze horas.

Para o nosso público internacional, o momento não era o ideal, mas milhares de pessoas, como @ LibHowe da Austrália ou @ CaraMountain em Dubai, ainda em sintonia com algum desenvolvimento profissional, assistiram no meio da noite.

O dia começou com o co-fundador e Chief Product Officer da Edmodo, Nic Borg, como o Keynote Speaker para discutir visão de futuro do Edmodo com cenas inéditas e emocionantes em algumas atualizações para o novo ano escolar.

Após a introdução empolgante do Nic, EdmodoCon continuou com sua impressionante linha de palestrantes.

Sheryl Sandberg, COO do Facebook e fundador do Lean In, apresentou a sua mensagem virtual para a Comunidade Edmodo e enfatizou a importância da educação para promover a auto-estima saudável nos alunos e incentivando a liderança em mulheres jovens.

Os espectadores foram inspirados por depoimentos de estudantes e novas idéias de Stibaly Johnson sobre como satisfazer as normas centrais comuns com Edmodo. 

Johnson, uma professora de Rohr Elementary School, em Chula Vista Califórnia falou sobre maneiras criativas de usar aplicações como GoAnimate para incentivar a aprendizagem através da criatividade. 

Muitos tweeters, como @ theschoolteachr e @ kwalker_1, ficaram especialmente impressionados com a apresentação de Johnson sobre o uso de círculos de Literatura em Edmodo.
"Nós não ensinamos currículo para os alunos, nós ensinamos os alunos. Ponto ", disse Kim McMonagle de Douglas County School District, em Colorado. 

Esta citação, reiterou todo o Twittersphere pelos participantes como @ lizsimplyliz e @ theartguy. 

McMonagle foi o quarto orador em EdmodoCon e falou sobre Aprendizagem STEM e oportunidades de aprendizagem rigorosas alcançadas com o Edmodo.

Patrick Fogarty, do Brooklyn, NY foi um favorito da multidão em 09:30 PST, com Twitter mencionando em  pico durante a sessão sobre o Acesso, Noivado, e igualdade com Edmodo. 

Ele explicou na sua Segunda apresentação, as 30 necessidades de elaboração, e destacou "a importância de permitir que as pessoas compartilhem seus pensamentos", segundo @ caroylnstarkey. Ela, junto com muitos outros, exclamou que ele era sua "parte favorita do dia."

Kate Baker e Liz Calderwood do Sul Regional High School, em New Jersey foram os próximos a falar sobre como os professores podem implementar a tecnologia em suas salas de aula. 

Lançando a sala de aula, ou ginástica na sala de aula, como Baker e Calderwood se referem a ele, "pode ​​ser" "coisa favorita de sempre", de @ howellywood e motivados outros participantes a experimentar com blended learning.

A próxima apresentação foi especialmente tocante. Pernille Ripp explicou seu projeto chamado "The Global" " ler em voz alta", que liga 30.000 estudantes de todo o mundo através do uso de Edmodo. 

Suas palavras e foram inspiradoras e cheias de paixão, pelo modo como ela falou sobre como Edmodo, facilitando adultos em conexões de estudantes em todo o mundo. 

Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo:



O sucesso da Ripp é um exemplo de como uma ideia simples pode se tornar um fenômeno internacional. 

Seu projeto demonstrou aos participantes como @ liz_castillo que "a colaboração global é o que faz do Edmodo uma ferramenta tão poderosa. 

A melhor maneira de usar a tecnologia para transformar a educação. "Ripp foi realmente tocada pelas reações em todo o mundo.

Depois de uma curta pausa de almoço, a CEO da Edmodo, Crystal Hutter, anunciou  os Vencedores do Prêmio 
Inaugural Edmodie deste ano. 

Após a cerimônia de premiação, o próprio Kevyn Klein da equipe de apoio do Edmodo fez uma apresentação excepcional para mostrar os educadores como para melhorar as suas experiências com o Edmodo. 

Klein não poderia deixar de mostrar a nossa vitóriosa Equipe de Apoio e os participantes incentivados a ganhar o mesmo prêmio. Com certeza, durante sua apresentação, havia centenas de tweets de professores para agradecer a equipe de suporte pelas suas suas respostas rápidas e paciência.

A apresentação de Christine Baker abordou a importância de ensinar Cidadania Digital para os alunos do nosso mundo de base tecnológica. 

Baker, como @ SeanWhelanTech, sabe que muitos professores temem pela segurança de seus alunos na internet, e que a "cidadania digital é realmente um assunto importante no mundo de hoje!" 

Em seu grupo em Edmodo, ela oferece aos educadores com Cidadania Digital arranque na forma de um kit, incluindo um compromisso de que os alunos devem assinar para ajudar a manter uma comunidade positiva online.

Nosso próximo orador, Bijal Damani, veio do outro lado do mundo a partir de Rajkot Gujarat, na Índia, para falar sobre Aprendizagem Baseada em Projetos e explicou como ela ajudou a desenvolver 130 alunos em um projeto de empreendedorismo social. 

Ao colocar a liderança nas mãos de seus alunos, Damani foi capaz de criar uma compreensão profunda e inspiração dentro de sua sala de aula.

Com base no tema empreendedorismo do Damani, Anna Davila de Fort Bend Independent School District, no Texas, falou sobre a construção de capacidade de liderança estudantil. 

Davila sugeriu o uso Edmodo para amigos de livros e tutoria de pares usando grupos Edmodo.

Como EdmodoCon chegou a sua nona hora, os professores Elissa Malespina e Melissa Butler foram capazes de manter a energia para cima, com as suas dicas sobre como achatar a sala de aula usando Edmodo. 

O casal, vindo de New Jersey, explicou que desde a adoção do Edmodo, seus alunos já não usam a desculpa: "o cachorro comeu meu dever de casa." Malespina Butler e suas piadas durante toda a sua apresentação e mantiveram o público envolvido. 

Ávidos usuários do Twitter, eles próprios, a dupla recebeu uma reação avassaladora no Twittersphere. 

EdmodoCon e seus participantes ficaram entusiasmados com a sua ideia de um salão de professor virtual e ápice da poesia.

Denise Yamashita fechou a conferência com algumas observações sobre o uso Edmodo de formas duradouras para a colaboração no século 21. 

Ela explicou que Edmodo dá aos tranquilos, os alunos introvertidos, a oportunidade de falar em sala de aula sem ser constrangido. 

Um espectador, @ alexng, ficou tão emocionado com a apresentação de Yamashita que ele "perdeu a conta do número de grandes idéias e usos para a abordagem colaborativa com o Edmodo."

Como mostrado na virada online e física impressionante, e na quantidade de conversa no Twitter e na Comunidade Edmodo, a totalidade do EdmodoCon foi um enorme sucesso. 

O dia realmente apresentou o ambiente de trabalho da empresa apaixonada e enérgica. 
Os palestrantes apresentaram anedotas perspicazes e idéias que inspiraram o público e encorajou-os a experimentar com Edmodo mais ao longo deste próximo ano letivo. 
Embora o dia foi longo, foi "um tempo bem gasto", e "alguns dos bset PD sempre assimilam tudo em um dia", de acordo com alguns participantes da Comunidade.

Eu acho que @ McTeach resume quando ele diz EdmodoCon era apenas "muito # educawesomeness para segurar!"

Até o próximo ano, colegas Edmodianos.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Lecado lanca torta para Dia dos Pais 2013

Lecadô lança torta especial para o Dia dois Pais seguindo o conceito "naked cake"

O Lecadô preparou uma delícia especial para o Dia dos Pais seguindo a “moda” dos bolos sem cobertura conhecidos como “naked cakes”. Na versão da doceria, a Torta do Dia dos Pais terá massa de chocolate, recheio de mousse de chocolate aerado e cobertura de calda de chocolate e raspas de chocolate branco apenas em cima da torta. Nas laterais, é possível ver as camadas entremeadas de bolo e do recheio, aguçando ainda mais o paladar. A torta terá edição limitada. Então, quem quiser o quitute para decorar a mesa no Dia dos Pais, deve fazer a encomenda com antecedência. Um presente delicioso para toda a família. A torta serve de 16 a 20 pessoas (R$ 59,90). A expectativa é de que o período do Dia dos Pais em 2013 registre um aumento de 5% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado.

Para quem prefere outros sabores, o Lecadô conta com um cardápio de delícias que inclui tortas com frutas, como a de Torta de Abacaxi com Coco (R$ 54,90), que leva massa de pão-de-ló, recheio de doce de abacaxi e creme de baunilha, e uma deliciosa cobertura de doce de abacaxi, creme de leite e flocos de coco; e tortas só de chocolate, como a Torta Bom Bom (R$ 54,90), elaborada com bolo de chocolate, recheio de brigadeiro e cobertura de brigadeiro, bombons de chocolate e fios-de-ovos. Para famílias menores, a dica é a Torta de Baby nos sabores Abacaxi com Coco ou Brigadeiro (R$ 29,90).

Aceita: Cartão Máster, Dinheiro. Não aceita cheque nem tíquete.
Funcionamento: Lojas de Shoppings – de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingo, das 12h às 21h.
Funcionamento: Lojas de Rua – de segunda a sexta, 8h30 às 19h. Sábado, das 8h30 às 18h.

Confira os endereços das lojas no site:
Rio Sul – Tel: 2541-6690 / 2290-2638 – Rua Lauro Muller, 116 – loja C 46. Botafogo.
Botafogo – Tel: 2226-6988 - Rua Voluntários da Pátria 292 – lj.A – Botafogo.
Barra Shopping - Tel: 2431-8182 - Av. das Américas, 4666 - loja 210 - Barra da Tijuca.
Centro Rua do Ouvidor - Tel: 2222-2100 e 2222-2134 - Rua do Ouvidor, 60/sobreloja: 203 – Centro.
Centro Rua do Rosário Tel: 2507-0646 - Rua do Rosário, 167 – lojas A e B – Centro. 
Méier – Tel: 2592-5651 - Rua Dias da Cruz, 111 – Meier
Norte Shopping - Tel: 3979-4676 - Av. Dom Helder Camara, 5474 - loja 509 - Del Castilho.
Nova América - Tel: 3083-1608 - Av. Pastor Martin Luther King, 126 - Praça de Alimentação, 1º piso.
Nova América (Expansão) - Tel: 3083-1608 - Av. Pastor Martin Luther King, 126 - Praça de Alimentação -.
Carioca Shopping - Tel: 3688-2580 - Av. Vicente de Carvalho, 909 - Vicente de Carvalho.
Jardim Guadalupe – Tel: 3178-8686 – Av Brasil, 22.155, Guadalupe.
Shopping Tijuca - Tel: 2204-2120 - Av. Maracanã, 987 – Tijuca.
Boulevard Rio - Tel: 3879-9006 - Rua Barão de São Francisco, 236 loja 3434 - Vila Isabel.
Shopping 45 - Tel: 2587-2126 - Praça Saens Peña, 45 loja 114 – Tijuca.
Santo Afonso - Tel: 3234-4488- Rua Santo Afonso 320 – Tijuca.
Bangu Shopping – Tel: 3336-8419 - Rua Fonseca, 240 – Bangu - RJ Praça de Alimentação.
West Shopping - Tel: 3313-4589 - Estrada do Mendanha, 555 – loja 155B - Campo Grande.
ParkShopping – Tel: 2414-7078 - Estrada do Monteiro, 1.200 – Campo Grande.
Shopping Grande Rio Tel: 2651-1108 - Rodovia Pres. Dutra, 4200 - São João de Meriti – RJ.
Plaza Shopping Niterói - Tel: 2729-1844 - Rua XV de Novembro, 8 loja 237 – Centro, Niterói – RJ.
Boulevard São Gonçalo – Tel: (21) 3611-7766. Av. Presidente Kennedy – 425.
Dia dos Pais.jpgDia dos Pais.jpg
Fonte: www.dablio3.com

Educacao Sistematizada e Tecnologia Educacional

Educação Sistematizada e Tecnologia Educacional

A educação sistemática realiza-se no âmbito do sistema educacional, seja o da educação básica ou superior.

É uma educação formal e que se dá prioritariamente no âmbito das instituições de ensino.

 A educação sistemática confunde-se mesmo com a noção de ensino ou instrução.

 Por exemplo, o estudo as habilidades de leitura, escrita e matemática é exemplo de educação sistemática. 

Já a educação assistemática se dá pela via informal, não-escolar, em geral, no seio familiar, nas igrejas e nos sindicatos, entre outras ambiências. Por exemplo: ensinar a se portar durante uma refeição é um dever dos pais e se constitui forma de educação assistemática

Tecnologia educacional
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tecnologia_educacional


A Wikipédia possui o portal:
Portal de educação

As Tecnologias educacionais são utilizadas desde o princípio da educação sistematizada. 

Ainda hoje se usa a tecnologia do giz e da lousa, que antigamente eram feitas de pedra - ardósia;
 usa-se a tecnologia do livros didáticos e, atualmente, os diversos estados mundiais debruçam-se sobre quais seriam os currículos escolares mais adequados para o tipo de sociedade pretendida. 

No mundo ocidental, um dos grandes desafios é adaptar a educação às novas tecnologias - TICs tais como os meios de comunicação atuais como a internet, a televisão, o rádio, os softwares que funcionam como meios educativos formais ou informais.


Índice
1 Primórdios
2 Os benefícios e os problemas encontrados pela tecnologia na educação
3 Citação
4 Referências
5 Ver também

Primórdios

Nas décadas de 1950 e 1960, a tecnologia educacional apresentava-se como um meio gerador de aprendizagem, para resolver problemas educacionais dentro de uma concepção tecnicista de educação. 

Na década de 70 , passou a fazer parte do ensino como processo tecnológico. 

Em 1971, foi realizado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)um seminário sobre o uso de computadores, em 1973 a Universidade federal do Rio de Janeiro (UFRJ) usou software de simulação no ensino de química e, assim, muitos outros começaram as experiências.

Portanto, existiam no início dos anos 80 diversas iniciativa sobre o uso da informática na educação do Brasil. 

Esses esforços resultaram no interesse do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT) na disseminação da informática na sociedade, despertaram o interesse do governo e de pesquisadores das Universidades na adoção de programas educacionais baseados no uso da informática. 

Em meados de 90, caracterizou-se pela busca de novas concepções sobre o uso das tecnologias no campo educacional.

A tecnologia educacional é a área de conhecimento onde a tecnologia se submete aos objetivos educacionais. Ela procura auxiliar o processo ensino e aprendizagem de modo a propiciar formas adequadas de utilizar os recursos tecnológicos na educação, ou seja, as funções maiores da escola serão enriquecidas com a grandeza das novas fontes de informações e ferramentas tecnológicas modernas preocupando-se com as técnicas e sua adequação às necessidades e à realidade dos educandos, da escola, do professor, da cultura em que a educação está inserida.

Contínuas transformações tecnológicas em todo o mundo vem influenciando as relações sociais. Neste contexto a Escola, ambiente onde se constrói a educação formal e, portanto, um ambiente por natureza social, começa a refletir sobre a influência das Novas tecnologias no processo de ensino e aprendizagem. 

Nestes termos, como resultado do avanço das pesquisas em microeletrônica, no início do século XXI as tecnologias começam a ser vistas e usadas numa outra perspectiva no processo educativo. 

A escola começa a se apropriar do uso técnico dos recursos tecnológicos para em seguida repensar as formas e metodologias adequadas a cada contexto social.

Neste tempo as Tecnologias educacionais deixam de ser encaradas como meras ferramentas que tornam mais eficientes e eficazes já sedimentados, passando a ser consideradas como elementos estruturantes de um outro modo de pensar a educação, mediada pela Tecnologia e esta submetida aos objetivos pedagógicos, com o objetivo de expressar a diversidade cultura e à realidade em que cada escola se insere, a diferentes metodologias usando recursos tecnológicos.

 Nesse sentido, a TV, o vídeo, o Rádio_(comunicação), a Internet, o material impresso possibilitam articularem-se novas linguagens e novas forma de apropriação do conhecimento na escola.

 É crescente o número de escolas e centros de educação que estão usando ferramentas on-line e colaborativas para aprendizado e busca de informações. 

As principais ferramentas usadas e conhecidas são agregação e distribuição de conteúdo (RSS, ATOM), Ambientes de aprendizagem como Weblogs (Blogs), WebQuests e Wikis e objetos educacionais.

Todas as ferramentas podem ser utilizadas como instrumentos educacionais. No entanto,faz-se necessário avaliar sua aplicação de modo a promover a aprendizagem significativa, crítica e reflexiva.

Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.



Historicamente o uso das tecnologias na educação apoiou-se em 3 eixos sociais; a comunicação, a psicologia da aprendizagem e a teoria sistêmica. Podemos dizer que a didática (construir, ampliar e revisar o processo) foi deixada de lado. Já a ciência e a técnica, se separaram, provocando algumas arbitrariedades em suas relações.

O educador estar apto a mudar e estar consciente da importância da tecnologia educacional como ferramenta valiosa no processo de ensino e aprendizagem, facilitando para o educando umaassimilação significativa dos conteúdos, bem como proporcionando um avanço na construção de novos conhecimentos.Ele se transforma agora no estimulador da curiosidade do aluno por querer conhecer, por pesquisar, por buscar a informação mais relevante. Também coordena o processo de apresentação dos resultados pelos alunos, transformando informação em conhecimento e conhecimento em saber, em vida, em sabedoria, o conhecimento com ética.

Os benefícios e os problemas encontrados pela tecnologia na educação

O crescimento tecnológico trouxe junto com ele novos artifícios e métodos tecnológicos utilizados para o desenvolvimento e aprimoramento dos métodos educacionais utilizados hoje em dia. 

A utilização da internet, tablets e jogos para facilitar a assimilação dos alunos sobre determinado tipo de assunto ou a criação de sistemas computacionais para a análise do desenvolvimento de uma sala de aula em relação a seu nível de aprendizagem, são alguns exemplos do uso dessas novas tecnologias na educação. 

O modelo educacional atual foi construído devido ao desenvolvimento de modelos anteriores. 

Esse desenvolvimento passou pelo modelo clássico Greco-romano que utilizava a disciplina para a construção de um cidadão ideal, predeterminado e pregava o amor à sabedoria, pela era do iluminismo onde se iniciou um modelo antropológico-social e onde existiria uma propagação da educação entre todas as camadas sociais, chegando ao modelo do século XXI e atual, onde a educação propicia a construção de uma pessoa apta a ajudar na evolução da sociedade. 

Com a disseminação da internet na década de 90 e o aumento no desenvolvimento de novas tecnologias, o uso de ferramentas tecnológicas passou a ser muito cogitado no meio educacional.


Uso de novas tecnologias na educação


Segue em baixo alguns exemplos do uso de novas tecnologias na educação:

Uso da internet nas escolas:
Por ser um meio onde o aluno tem acesso a um contingente muito grande de informações de uma maneira rápida e confortável, a internet vem sendo nos últimos anos integrada ao ensino como uma maneira onde os alunos e os professores teriam acessos a novas culturas, realidades, em todo o mundo, desenvolvendo seus conhecimentos. Em alguns países sua implantação nas escolas já apresenta um número bastante significativo:

- Brasil: No Brasil 95% das escolas públicas urbanas de ensino fundamental e médio do Brasil tem conexão banda larga, Cerca de 1,5 milhões de professores já possuem acesso a rede mundial de computadores. Existe ainda um projeto aonde até 2014 os 735 campos universitários federais brasileiros, os hospitais universitários e as escolas técnicas irão possuirão uma rede de acesso a internet rápida em todas elas.

- Estados unidos: nos Estados unidos o percentual de acesso a internet nas escolas publicas chegam a 100%.

- No mundo: Na Europa os NREN (National Research and Education Network) chegam a atender um percentual de 80% a 100% das escolas de ensino superior em países como França, Inglaterra, Espanha. Quando se fala em ensino secundário, esse percentual chega a cair para menos de 10% nesses mesmos países citados antes. Hoje existem projetos para que o uso dessa ferramenta seja cada vez mais eficaz e ajude o aluno e os professores. Alguns exemplos são: o do Google_books e o portal domínio publico.
Uso de tablets em sala de aula: 
O tablet é um dispositivo pessoal em formato de prancheta que pode ser usado para acesso à Internet, organização pessoal, visualização de fotos, vídeos, leitura de livros, jornais e revistas e para entretenimento com jogos, é uma ferramenta de fácil transporte e que pode ajudar muito no ambiente educacional. O acesso a uma gama enorme de informações, através de livros e sites da internet pelo tablet, ou a disponibilidade de baixar um livro no tablet, facilita a vida de alunos na busca de desenvolvimento e conhecimento;

Introdução de jogos para facilitar o ensino: 
O desenvolvimento de jogos é uma área que se desenvolve cada vez mais nos dias atuais, mas esse desenvolvimento não só aparece como uma forma de entretenimento lúdica, mas também como um artifício colocado em sala de aula para prender a atenção do aluno e facilitar seu aprendizado. Está se tornando cada vez mais comum o uso de Softwares educacionais para ajudar no ensino nas salas de aula;

Desenvolvimento de softwares com sistematização de ensino virtual:
 Existe a criação e o aprimoramento de Ambientes virtuais de aprendizagem, que são softwares que auxiliam na aplicação do modelo de ensino. São elaborados para auxiliar os professores no ambiente de ensino, através do gerenciamento dos conteúdos, do seu curso e dos alunos, permitindo acompanhar o progresso deles constantemente.

 Modelos que utilizam tele-aulas que vão de assuntos iniciais como soma e subtração até assuntos mais complexos como cálculo numérico, derivadas, integrais, alem de possuir também uma variação muito grande de matérias, geografia, biologia, história entre outras, onde o aluno assiste às aulas pela TV e praticam o que foi aprendido em materiais com exercícios. 

Esse sistema de tele-aulas é um exemplo do modelo de EaD ( Educação à distância). Existe ainda outro auxílio tecnológico, que é um método educacional muito interessante e também faz uso da EaD, proposto pela KhanAcademy onde os alunos acessam seu site e podem fazer uso de uma videoteca com mais de 3200 vídeos, com uma grande variedade de conteúdos que vão de assuntos iniciais como soma e subtração até assuntos mais complexos como cálculo numérico, derivadas, integrais, alem de possuir também uma variação muito grande de matérias, geografia, biologia, história entre outras. 

Possui também desafios interativos, e avaliações a partir de qualquer computador com acesso a web. Nesse sistema, os país e professores podem verificar o progresso de seus alunos ou filhos através de relatórios em tempo real, com estatísticas deles, matérias aprendidas e comparativos com outros alunos. É um método que emprega o aprendizado de cada aluno no seu ritmo, onde muitas vezes em uma sala de aula isso não ocorre, pois o aluno tem que seguir o ritmo de seus colegas. Isso faz com que o conhecimento seja construído e não apenas transferido e imposto pelo professor, faz com que o aluno tenha o controle nessa construção e assim possa ele guiar da melhor forma que seja para ele.

Problemas encontrados

Estas tecnologias tentam ajudar a metodologia atual, mas ainda encontram problemas em sua fundamentação. Alguns exemplos dessas dificuldades são:

Problema na disponibilidade de conteúdo: Muitas editoras ainda não possuem a disponibilização de seus livros para Tablets devido a problemas com direitos autorais, onde escritores ou até mesmo editoras não aceitam divulgar suas publicações de forma gratuita. Devido isso sistemas como o citado anteriormente, onde seria criado um acervo bibliotecário virtual mundial encontra problemas para torna-se completa a sua realização;

Preparo dos professores: A maioria dos professores, não possuem ainda preparo para utilização das tecnologias digitais, não podendo explorar de uma maneira eficiente o uso de dispositivos tecnológicos como os tablets, ou de novas metodologias como a EaD’s citadas anteriormente;

Incerteza: Ainda não existem argumentos, nem provas necessárias que provem que essas novas metodologias aplicadas por essas tecnologias sejam realmente eficientes e esse se torna o maior problema enfrentado, a desconfiança de introduzir algo novo em um modelo tradicional e que teoricamente sempre deu certo, faz com que o uso da tecnologia de maneira mais efetiva na educação seja introduzido com cautela e devagar.



Citação
É uma maneira sistemática de elaborar, levar a cabo e avaliar o processo de aprendizagem em termos de objetivos específicos, baseados na investigação da aprendizagem e da comunicação humana, empregando uma combinação de recursos e materiais para conseguir uma aprendizagem mais efetiva.De Pablos Pons, 1994, p.42

Referências
Algumas revistas especializadas no assunto:
Revista Brasileira de Informática na Educação
Ver também
Tecnologia
Arnon de Andrade
Tecnologias na educação em Portugal
Tecnologia Educacional no Brasil no Almanaque Mundial de Tecnologias Educacionais

Campos de estudo da Educação
Administração escolar | Arte-educação | Biologia educacional | Distúrbios da aprendizagem | Educação de adultos | Educação inclusiva | Educação popular |Filosofia da educação | Medidas educacionais | Metodologias de ensino | Necessidades educativas especiais | Orientação educacional | Pedagogia | Politicas educacionais | Psicologia da aprendizagem | Psicopedagogia | Sociologia da educação | Supervisão do ensino | Tecnologias educacionais | Psicologia do desenvolvimento | Teorias da aprendizagem
Ensino por tema: Alfabetização | Educação sexual | Educação matemática | Ensino da língua materna
Níveis de ensino: Educação infantil | Ensino fundamental | Educação especial | Ensino médio | Ensino superior
Rankings internacionais: Índice de alfabetização | Programa Internacional de Avaliação de Alunos | Índice de educação
Categorias:
Tecnologia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...