Google Tag Manager

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Droga sal de banho e mefedrona mais MDPV










Não se espante se você sair de casa para ir ao trabalho, colégio ou em qualquer outro lugar, e se deparar com algumas pessoas totalmente fora de si, como se fossem zumbis. Eles estão sob o efeito de uma droga, chamada de "sais de banho".



O efeito dessa droga faz com que a pessoa perca a noção de si e de tudo ao seu redor, ela vira um verdadeiro monstro, não reconhecendo a si e nem seus familiares e amigos próximos; ela vira uma outra pessoa.

Os sais de banho são chamados assim porque a droga foi comercializada dessa forma; ela é vendida em pacotinhos e, quando você abre, parece sabonete em pó.

Droga sal de banho é mefedrona mais MDPV e
tem efeito pior do que cocaína, LSD e Ecstasy juntas

Fonte: http://noticias.r7.com/saude/noticias/droga-vendida-como-sal-de-banho-tem-efeito-pior-do-que-cocaina-lsd-e-ectasy-juntos-20110719.html

Substância usada em boates deixa consumidor psicótico.
Com o singelo rótulo de "sais de banho", uma droga devastadora, que entrou nos Estados Unidos há cerca de um ano (2013), disseminou-se e agora alarma médicos por causa de seus efeitos psicóticos e paranoicos.

Trata-se de uma mistura de substâncias jamais testada em humanos, cuja fórmula foi banida em 1928 dos 51 Estados americanos.

Em 2010, a Associação Americana de Centros de Controle de Envenenamento (AAPCC, na sigla em inglês) registrou 303 pessoas atendidas em hospitais por contaminação pela droga.


Esse total subiu para 3.470 no primeiro semestre deste ano. Segundo Mark Ryan, PhD em Farmácia e diretor do Centro de Envenenamento de Louisiana, o efeito do remédio é semelhante ao uso de um coquetel de drogas pesadas.

- Se você misturar todos os piores efeitos da cocaína, do LSD, do PCP e do ecstasy terá um resultado comparável ao dos sais de banho.

Em geral, a droga é fabricada com base em duas substâncias: a metilenodioxipirovalerona (MDPV) e a mefedrona.

A primeira, o MDPV,  é um elemento altamente viciante para que o usuário fique viciado já na primeira dose. 
A segunda, a Mefedrona, é uma síntese química da catinona, composto estimulante do khat, uma planta do norte da África cuja venda é ilegal nos EUA, mas usada em vários países como base de defensivos agrícolas ou repelente de insetos.

Nos Estados Unidos, apesar das proibições, o acesso à droga ainda é fácil no país. Ainda pode ser encontrada na internet, em lojas de conveniência e até entre os verdadeiros sais de banho, com sugestivos nomes: Pomba Vermelha, Seda Azul, Zoom, Nuvem Nove, Neve Oceânica, Onda Lunar, Céu de Baunilha e Furacão Charlie.

Usuários têm sido levados aos prontos-socorros por comportamento violento, pressão sanguínea elevada, alucinações e crises paranoicas. Geralmente, são internados no setor psiquiátrico.

Brasil

Por aqui, a mefedrona é conhecida como miau-miau e, segundo Reinaldo Correa, delegado da divisão de Prevenção e Educação do Denarc (Departamento de Investigações sobre Narcóticos), é utilizada em clubes noturnos.

Para saber mais, clique sobre Mais informações, abaixo.

Segundo Correa, o defensivo agrícola recomendado para o uso em jardinagem doméstica costuma ser consumido em cápsulas ou injetado na veia. O efeito é parecido com o do ecstasy. Dentre os efeitos colaterais estão palpitações, náusea, insônia e sangramento que pode levar à morte.

A Mefedrona é uma substancia derivada da catinona, que possui efeito estimulante e empatógeno mais potente que as outras substancias de sua família. Foi muito utilizada na Europa em meados de 2010 por ser uma alternativa ainda legal, mais barata e mais energética do que o MDMA. E por ter um efeito único e causador de uso compulsivo que criou um grande séquito de usuários pelo mundo todo. Especialmente por onde a cultura da musica eletrônica era muito difundida entre os jovens e jovens adultos, inclusive pelo fato de até então não ser identificada em exames que identificavam o uso de drogas. Causou centenas mortes por abuso da substancia e foi proibida em grande parte dos países pelo mundo todo.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária decidiu incluir a substância na relação de drogas de uso e comércio proscrito no Brasil, que consta na Portaria 344.3 Era vendida como fertilizante, afim de driblar as leis que regulamentam os produtos químicos e poder ser comercializada de forma livre e aberta, inclusive por meio dos correios.

Efeitos

A droga apresenta efeitos parecidos com o do ecstasy e cocaína. O usuário ganha euforia, aumento compulsivo de desejo sexual, visão turva, inquietação, fala rápida, aumento dos níveis de alerta e desejo de socializar-se. Produz sudorese exagerada, além de sede e pode ainda causar uma perda na noção de limite do desejo de hidratação, criando a possibilidade de uma intoxicação por excesso de hidratação.

Pode ainda causar um aumento considerável dos batimentos cardíacos e se consumida em excesso pode causar alucinações e até ataques cardíacos.

A readministração frequente pode causar problemas na circulação do indivíduo, problemas na mucosa nasal em caso de uso por insuflação e um baque emocional após o término do plateau da substância.

Vale lembrar também que a substância não passa por controle de qualidade como quando ainda não era ilegal (pois antes tinha uma pureza de cerca de 98%), logo a sua ingestão constitui um risco ainda maior ao usuário, o que cria mais um fator de risco aos usuários.


MDPV
Fonte: Wikipedia em Espanhol

O metilendioxipirovalerona (MDPV) é uma droga psicoativa com potentes efeitos estimulantes que atua como um inibidor da recaptação da norepinefrina e dopamina.



Foi desenvolvida primeira vez em 1969 e manteve-se nas sombras, até cerca de 2004, quando se começou a sintetiza-la como a uma combinação de medicamentos. 

Ela também é conhecida em Inglês como: Ivory Wave MDPK, MTV, Magic, Maddie, Black Rob, Super Coke, PV e Peeve,; em espanhol como "Ivory Wave", "Vanilla Sky", "Bênção", "Drogas canibal" (embora se tenha negado que esta droga causa canibalismo) 1 e "White Lightning".

Em 2010, se começou a vender sais de banho contendo MDPV por ser altamente viciante.2 Três drogas têm sido atribuídas aos danos psicológicos e físicos relacionados ao uso MDPV.4 5


Efeitos

O MDPV atua como um estimulante, semelhante aos da cocaína, anfetamina e metilfenidato em seus efeitos. Efeitos agudos podem incluir: 



Efeitos fisiológicos e psicológicos

taquicardia.

hipertensão.

vasoconstrição.

insônia

náuseas.

bruxismo.

aumento da temperatura corporal, calafrios, sudorese.

dor de cabeça.

cólica renal.

zumbido

tontura

hiperestimulação.

dispneia

agitação; hipertonia.

paranóia

confusão

delírios

ansiedade, comportamento violento.

pensamentos ou ações suicidas.

Os sintomas psiquiátricos podem persistir. Os sintomas físicos podem progredir para rabdomiólise, insuficiência renal, convulsões, acidose metabólica, insuficiência respiratória ou insuficiência hepática

Efeitos psicológicos

Euphoria.

Aumento da vigilância e conscientização.

Aumento da vigília e excitação.

Aumento da energia e motivação.

Estimulação mental / aumento da concentração.

O aumento da sociabilidade.

Efeitos de estimulação / afrodisíacas sexual.

Empathogens efeitos leves.

Percepção da redução da necessidade de comida e sono.


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Fazer sexo no Reveillon traz sorte

Fazer Sexo no Reveillon Traz Sorte

Estimado leitor, quando se trata de Saúde, Harmonia e Prosperidade, praticando o bem, vale pesquisar. Assim, fui pesquisar junto aos leitores se fazer sexo no Reveillon traz sorte.

Veja algumas das respostas mais interessantes:



"Passar o Reveillon fazendo sexo é garantia de boas entradas."

"Fazer sexo no Reveillon só traz sorte se for com camisinha, do contrário pode até trazer outras coisas como DST e filho."

"É uma virada inesquecível começar o ano com muito amor."

"...é hora de romper o ano(us)..."

"Se for com a pessoa certa trará muita sorte; com a pessoa errada, trará complicações."

" Na hora da virada, beijar alguém na boca é paixão para todo o ano."

Brincadeiras à parte seguem algumas dicas para se ter muita sorte no Ano Novo.

























Foto: O Sexo de Ano Novo é o melhor sexo.

Simpatia de Ano Novo: Para atrair sorte e realizar sonhos


Da Redação BemZen

O ano está terminando e época de refletir sobre os dias passados.  Mas também já é momento de esperanças e desejos de paz, alegria, prosperidade, saúde e amor para o ano vindouro e por isso muitos começam a pensar nas simpatias de final de ano para atrair sorte.

Considerada superstição por alguns, a verdade é que as simpatias representam crenças populares e a cultura e tradição de povos, como os ciganos. Mito ou não, o que está por trás dos sucessos das simpatias é a Fé.

No momento do ritual toda a mente fica concentrada e a energia é canalizada naquilo que se deseja alcançar, fazendo que tudo conspire a favor. Mas é importante acreditar e manter o pensamento positivo durante todo ano e não apenas nesta época, assim conquistar seus sonhos será mais fácil.

Mas não cruze os braços e deixe tudo por conta das simpatias, você precisa também fazer sua parte e criar boas oportunidades. Lembre-se, o segredo está na fé. Crer é o melhor ingrediente para qualquer simpatia. Aguarde os resultados, sem pressa. Outra dica importante: muitos aconselham a não contar para ninguém que fez uma simpatia. O silêncio é a alma do negócio e evita "olho gordo".

A simpatia, feita para o bem e sem prejuízo a outrem, mal não tem! 

Pense nisso antes de fazer a sua.

Confira algumas simpatias de Ano Novo

Para conquistar um grande amor

Se você quer conquistar seu amor definitivamente no próximo ano, escreva o nome dele sete vezes na sola do seu sapato esquerdo. À meia-noite do dia 31, bata sete vezes com esse pé no chão, repetindo mentalmente sete vezes o nome do seu amor.

Para ter sorte no amor

Para garantir que uma nova pessoa vá entrar na sua vida, à meia-noite abrace alguém do sexo oposto e tenha um novo ano com muita sorte no amor.

Para atrair dinheiro

Uma das simpatias mais comuns feitas no Ano Novo para atrair dinheiro é a da romã. Chupe sete sementes na noite de Réveillon, embrulhe todas num papel e guarde o pacotinho na carteira para ter dinheiro o ano inteiro;

Para subir na profissão

Garanta o seu lugar em um degrau, cadeira ou em qualquer objeto de nível mais elevado. Suba com o pé direito e, naquele momento, mentalize que aquele degrau (cadeira ou objeto) representa sua ascensão profissional.

Para saber mais, clique sobre Mais informações, abaixo.





Na praia
Se você comemorar a passagem do ano na praia, entre no mar e pule sete ondas. Faça sete pedidos: um para cada onda.


Significado das cores para a Roupa da virada:

Amarela: atrai dinheiro, fartura e abundância.
Branca: para ter paz e felicidade.
Vermelha ou Rosa: para quem deseja sorte no amor.
Azul: para quem quer ter esperança.

Confira mais simpatias e crendices populares de Final de Ano.

Acredita-se que comer lentilha traz sorte, pois, como é um alimento que cresce, faz a pessoa crescer também.

O consumo de aves, como o peru e o frango, e o de caranguejo não é indicado na ceia de Ano Novo. Como esses animais ciscam ou andam para trás, acredita-se que quem comê-los regride na vida;

Guarde uma folha de louro na carteira durante o ano inteiro para ter sorte;

Coma três uvas à meia-noite, fazendo um pedido para cada uma delas;

Jogue moedas da rua para dentro de casa para atrair riqueza;

Dê três pulinhos com uma taça de champanhe na mão, sem derramar nenhuma gota, e jogue todo o champanhe para trás para deixar tudo o que for ruim no passado;

Pule num pé só (o direito), à meia-noite, para atrair coisas boas;

Não passe a virada do ano de bolsos vazios para não continuar o ano inteiro com eles vazios;

Coloque uma nota no sapato para chamar dinheiro;

No dia 31, faça uma boa limpeza na casa, varrendo-a de trás para frente. Coloque para fora todo lixo, objetos quebrados e lâmpadas queimadas. Não guarde as roupas do avesso;

Para evitar energias ruins, muitas pessoas lavam os batentes das portas com sal grosso e água e borrifam água benta nos quatro cantos da casa;

Na primeira noite do ano, use lençóis limpos;

Quem pretende viajar bastante no ano que se aproxima, deve pegar uma mala vazia e dar uma volta dentro de casa;

O primeiro negócio do ano nunca deve ser fiado nem com pessoa pobre.

Coma doze uvas verdes, à meia-noite do Ano Novo, para ter dinheiro em todos os meses do ano.

Defume a casa, na véspera do Ano Novo, com um defumador feito com carvão, xerém e açúcar. Além de chamar sorte e dinheiro, tira, também, o azar do ano velho.

No dia de Reis (dia 6 de janeiro), coloque três caroços de romã dentro da carteira, para ter dinheiro durante o Ano Novo.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Natal 2014 APAE Blumenau faca um Tour Virtual

Natal 2014 na APAE Blumenau.

Fonte: http://www.apaeblumenau.org.br/noticias/







Faça um Tour Virtual e conheça esta instituição que há mais de 50 anos presta um serviço inestimável à comunidade.

Confira no link abaixo.

http://www.apaeblumenau.org.br/tour/

Nos dias 10 e 11 de dezembro de 2014, a APAE, com a parceria da VIACREDI promoveu aos alunos uma festa de encerramento, que contou com a apresentação da peça “A Floresta Encantada” do grupo Set Set Produções e também com a chegada do Papai Noel “Jorge Purgly” que entregou lembranças e contagiou os nossos alunos com alegria.















Para o fechamento das atividades dos profissionais da Entidade, foi realizada a palestra “Acredite, Papai Noel Existe”, ministrada por Cláudio Trajano, que trouxe, de forma brilhante, a magia do Natal.


Faça um Tour Virtual e conheça esta instituição que há mais de 50 anos presta um serviço inestimável à comunidade.

Confira no link abaixo.

http://www.apaeblumenau.org.br/tour/

O que são GEGs

O que são GEGs ?

GEGs são comunidades de educadores que aprendem, compartilham, e inspiram uns aos outros para suprir as necessidades de seus estudantes através do uso da tecnologia na sala de aula e além. 


Você pode aprender mais sobre o Grupo de Educadores Google nesse website: http://www.google.com/intl/pt-br/landing/geg/

Ao participar de um GEG local, você se tornará um catalizador da mudança, inspirando e compartilhando ativamente com educadores. 

Você terá a oportunidade de participar de eventos rotulados como GEG e contribuir com discussões online com educadores como você ajudando a transformar a educação em sua comunidade.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Professor Pardal

Professor Pardal














Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Professor_Pardal


Professor Pardal
Personagem de Tio Patinhas



Nome original (em inglês) Gyro Gearloose
Origem Patópolis, Calisota, EUA
Sexo Masculino
Características Supergênio, maior inventor do mundo

Actividade(s) Inventor
Amigo(s) Tio Patinhas
Lampadinha
Pato Donald
Huguinho, Zezinho e Luisinho
Inimigo(s) Professor Gavião

Criado por Carl Barks
Série Tio Patinhas
Primeira aparição "Gladstone's Terrible Secret" (1952)

Professor Pardal ("Gyro Gearloose" em inglês) é um personagem de ficção, um galo antropomorfo criado em 1952 por Carl Barks para a Walt Disney Company que surgiu originalmente nos quadrinhos como um amigo de Pato Donald, Tio PatinhasEscoteiros-Mirins e todos que se associam a eles.

O Professor Pardal é o inventor mais famoso de Patópolis, é um amigo das pessoas e tem bons sentimentos com todo mundo embora ocasionalmente provoque reações irritadas devido a alguns desastres provocados pelos seus inventos. Mesmo que suas invenções não funcionem sempre da maneira que se espera, suas intenções são sempre boas. Pardal é ajudado frequentemente por Lampadinha (criado por Barks em 1953), um pequeno andróide com uma lâmpada no lugar da cabeça, que é considerado sua maior invenção (ao lado do "chapéu pensador", um dispositivo em forma de telhado com chaminé habitado por corvos, que o ajuda a ter idéias). Outro assistente frequente é seu sobrinho Pascoal, um menino-prodígio que encontra soluções criativas em todas as situações (a lanterna que projeta escuridão e o distorcedor de furacões são alguns exemplos).

Na escola italiana de quadrinhos Disney, Pardal criou todo o equipamento do Superpato. No Brasil, ele criou os apetrechos do atrapalhado Morcego Vermelho.

Em algumas histórias, o maior rival do Professor Pardal é o Professor Gavião, mas os Irmãos Metralha e Maga Patalójikatambém se destacam como seus antagonistas.

No seriado de animação DuckTales, uma de suas invenções dignas de nota foi o traje de Gizmo Pato (Robopato, na 2ª temporada de Ducktales), destinado a ser vestido por um agente de segurança da Caixa-Forte de Patinhas.
Primeira aparição
Sua primeira história foi "Gladstone's Terrible Secret", publicada em maio de 1952, nos Estados Unidos. Esta história foi publicada no Brasil em 1956, na revista "Mickey" 51, com o título "A Sorte Do Gastão".1 A primeira história produzida no Brasil foi "O Rei Do Ié-Ié-Ié", publicada na revista "Zé Carioca" 869, de 1968 com roteiro e desenhos de Waldyr Igayara de Souza.2
Referências

Ir para cima↑ Inducks. Visitado em 25/1/2011.
Ir para cima↑ http://coa.inducks.org/story.php?c=B+68006

sábado, 13 de dezembro de 2014

Irmao SUD homenageado em Sao Paulo m 2014

Banner Assuntos Publicos3






São Paulo - Exemplo de boa vontade e serviço aos 91 anos


Para servir no Reino de Deus não existe idade. Uma prova disso é a disposição do irmão Caetano Beccari, tenente reformado da Força Aérea Brasileira (FAB), que aos 91 anos, é dedicado às causas ambientais, coordenou o plantio de mudas ornamentais e frutíferas no 8º Batalhão de Polícia do Exército, próximo ao Parque Ibirapuera, em São Paulo.
A iniciativa do Projeto Mãos que Ajudam, realizada na manhã do dia 6 de dezembro, partiu dele e do grupo dos sumo-sacerdotes. Há quase quatro décadas, desde o começo de sua aposentadoria, o irmão Beccari tem o gosto de realizar esse tipo de trabalho e já são mais de 10 mil sementes plantadas em toda a cidade de São Paulo. As mudas e vitaminas usadas no plantio também foram produzidas por Beccari, em sua casa. 
Ao iniciar a ação, irmão Beccari motivou os voluntários do grupo de Sumo-Sacerdotes e Quórum de Élderes das Alas Santo Amaro, São Luiz e Indianápolis, da Estaca Santo Amaro. “A maior ferramenta que vocês vão usar hoje aqui é a boa vontade”. E humildemente destacou: “Se este trabalho for divulgado, que citem menos a mim e mais os que estão aqui servindo”.
Um dos voluntários da Ala Santo Amaro, irmão Edison Rocha, de 49 anos disse que é preciso ter muito pique para acompanhá-lo. “É um privilégio vê-lo trabalhando e desfrutar de um pouco desta energia que ele tem. Quero ficar o máximo possível perto dele para aprender a plantar corretamente, caso contrário, eu sei que a planta não cresce”. 
Durante o serviço, com muita agilidade, irmão Beccari se movia de um lado para outro, segurava a pá, abria o solo e dava as instruções necessárias sobre cada etapa do plantio. A sabedoria e os anos de experiência o permitia ensinar aos demais: “O planeta não tem fermento, por isso, não cresce. Não estamos aqui só pra receber. Precisamos estar dispostos a dar mais de nós mesmos para o Meio Ambiente”.  
Aos poucos um número maior de voluntários se unia ao grupo. Um deles foi o jovem Lucas dos Santos, ou soldado dos Santos. Por coincidência serve neste Quartel desde o ano passado. Ele saía de folga quando viu de longe os coletes e reconheceu alguns dos irmãos. “Me emocionei porque já faz algum tempo que estou de serviço no domingo e não consigo ir à Igreja”. Assim, juntou-se ao trabalho.   
O subcomandante do Batalhão, Dario, esteve presente e enalteceu a ação: “O senhor está sempre por aqui, já é da casa, mas mesmo assim queremos agradecer muito por mais esta iniciativa”.  O subcomandante recebeu das mãos do irmão Beccari e do irmão Arnaldo Bracale, diretor de Assuntos Públicos da Estaca Santo Amaro, materiais informativos sobre a Igreja, Cd do Coro do Tabernáculo e como se aproxima o Natal, Dvds Mundo Feliz para distribuir na corporação. Atualmente são 465 soldados que servem nesta unidade do Batalhão.
Neste mês, irmão Beccari completará 51 anos como membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Neste período já serviu em diversos chamados. Ele foi um dos primeiros oficiantes a ser designado 
para trabalhar no Templo de São Paulo.



Texto: Janete Monteiro Garcia – jornalista voluntária no Departamento de Assuntos Públicos da Área
Fotos: Nei Garcia – Assuntos Públicos da Área Brasil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...