Google Tag Manager

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

SUDs participam de Semana em Prol da Liberdade Religiosa

Banner Sala de Imprensa
Igreja de Jesus Cristo participa de semana marcante em prol à Liberdade Religiosa

Eventos em Campinas, São Paulo, Brasília, Jacareí e Rio de Janeiro foram organizados em conjunto entre religiões e entidades que defendem o Tema

Entre os dias 3 e 7 de fevereiro de 2014, num trabalho em conjunto entre várias Instituições Religiosas e Governamentais, entre elas, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, foi recebido no Brasil o especialista e pesquisador, mundialmente renomado, Dr. Brian Grim, que nos últimos anos atuou no Centro de Pesquisa Pew, sediado em Washington (EUA). Brian tem desenvolvido um estudo bem complexo sobre os efeitos da Liberdade Religiosa no Mundo. Estudos atuais relatam a ligação entre liberdade religiosa e negócios. Dr Grim, afirma: “A liberdade de adorar e seguir suas convicções religiosas é boa para os negócios. Se os empresários defenderem e promoverem a liberdade religiosa terão mais lucro e funcionários mais felizes, eficientes e produtivos”. A visita ao Brasil marca uma passagem importante na vida do pesquisador, que após anos trabalhando no centro de pesquisa, deixou seu trabalho no instituto e criou a Fundação Liberdade Religiosa e Negócios.

Sua visita ao Brasil e sua contribuição aqui baseiam-se em um dos estudos realizados que indicam que entre os 25 países mais populosos do mundo, o Brasil é o número um, e campeão na defesa da Liberdade Religiosa. Esse fato por si só, chamou muito a atenção do pesquisador, que é católico. “O Brasil é um modelo de bom exemplo ao mundo. Há muitas nações que sofrem com hostilidades sociais ou governamentais contra a liberdade religiosa. Pessoas são presas e mortas se apenas trocarem de religião. Muitos países precisam olhar para o Brasil e aprender”, comentou Dr. Grim.

Visitas e Eventos:

Campinas –

Em Campinas, no primeiro dia, 3 de fevereiro, o encontro foi com o Desembargador Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª região, Dr. Flávio Cooper. A visita, que também contou com a presença do empresário Carlos Martins, foi muito amistosa. Todos estão empenhados em promover o tema: Liberdade Religiosa é boa para os negócios. O Desembargador salientou durante as conversas: “É muito difícil identificar se os problemas e processos trabalhistas são de origem religiosa, mas se o juiz estiver preparado e conhecer mais sobre o tema, poderá ter mais subsídios para identificar se é um problema que fere a liberdade religiosa”. No gabinete do presidente, o grupo conheceu mais sobre a abrangência do tribunal: “Cuidamos dos processos de todo o estado, menos a capital e baixada santista”, finalizou Cooper.

São Paulo –

Na capital paulista, os compromissos seguiram e a reunião desta vez foi com Dom Odilo Scherer, Arcebispo de São Paulo, da Igreja Católica. De forma muito solícita ele quis saber mais sobre as iniciativas propostas e já comentou: “Vocês precisam apresentar algumas dessas ideias para Dom Orani Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro”. Na mesma ocasião fez um contato telefônico com o arcebispo fluminense. Após algumas tentativas agendou uma reunião entre o grupo e o Arcebispo do Rio de Janeiro para sexta-feira, dia 7. Todos ficaram muito animados. Mario Silva, Gerente de História da Família da Área, conduziu a conversa e ainda no final, estendeu um convite a Dom Odilo para que ele visite Salt Lake City, sede mundial de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

No dia 04, terça-feira, os compromissos começaram com uma reunião com o executivo Francisco Valim. Na oportunidade Brian Grim comentou sobre os esforços de articular o assunto relacionado a liberdade religiosa com empresários e executivos. Valim compartilhou algumas ideias e mostrou-se disposto em contribuir. Na sequência, o encontro foi com atletas olímpicos. Umas das ideias discutidas pelo pesquisador é aproveitar esse momento que o Brasil sediará eventos mundiais ligados aos esportes e criar uma espécie de Premiação de liberdade religiosa para empresas, divididas em categorias. Os atletas teriam importante participação gravando depoimentos estimulando esse assunto entre os esportistas de várias modalidades. Participaram dessa discussão a jogadora de futebol e atual capitã da seleção brasileira de futebol feminino, Bruna Benites; o pivô do Uberlândia Unitri, time de basquete profissional, Lucas Cipollini. Outros atletas foram convidados, mas devido as agendas pessoais ou profissionais, não puderam comparecer, mas mostraram pronto desejo em ajudar. Entre eles: Jonathan Tavernari, jogador de basquete do Pinheiros; Tita, treinador e ex-jogador de futebol e Mosiah Rodrigues, ginasta olímpico.

Brasília –

Ainda na noite da terça-feira, ocorreu um encontro com religiosos e advogados de várias denominações na sede do Instituto de Religião. Foi um momento de interagir e ouvir relatos e desafios, além de expandir o elo de amizade entre as religiões. Dr. Elianildo Nascimento, do Centro de Referência de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos para a Diversidade Religiosa, era um dos mais animados: “Hoje é um dia histórico. Nunca pensei que estaríamos aqui, na Igreja de Jesus Cristo, discutindo esse tema de importância nacional. E amanhã, tem mais”. Fazia referência a outras visitas agendadas para o dia seguinte.

Na quarta-feira, dia 5 de fevereiro, as reuniões seguiram ao longo do dia. Já nas primeiras horas da manhã, a equipe foi recebida pelo Presidente da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Pastor Erton Köhler. A conversa foi muito produtiva e o presidente comentou: “ A Igreja Adventista está empenhada em todos os esforços que defendam a liberdade religiosa. Queremos conhecer mais sobre as ideias, mas sem dúvida estaremos envolvido nessa causa nobre”. A comitiva foi recebida e fez um tour pelo complexo, acompanhados pelo Pastor Rafael Rossi, Diretor de Assuntos Públicos e Liberdade Religiosa da Igreja Adventista. Em seguida, as reuniões aconteceram na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, onde todos encontraram-se com o Secretario Nacional da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Gabriel Rocha. Ele ficou bem entusiasmado ao saber que o Brasil figura como campeão de liberdade religiosa. “Bom ver o Brasil sendo um modelo. Creio que podemos avançar nesse tema e ajudar inclusive, a geração de empregos”. O secretario convidou Dr. Brian para participar de uma das reuniões da secretaria que acontecerá em março.

Comitiva é recebida pelo vice-presidente da República

Num trabalho de relacionamentos e audiências marcadas, o grupo seguiu para o gabinete do Vice-Presidente da República, Michel Temer. Lá, os contatos foram realizados pela ex-deputada federal Romanna Remor e pelo deputado federal Ronaldo Benedet. No gabinete do presidente, a conversa foi muito produtiva. Ao saber da posição do Brasil em referência ao tema, Temer comentou: “ Que bom. Não sabia desse dado tão valioso”. E compartilhou a seguinte ideia: “Com essas informações, penso que seria válido eu escrever um artigo sobre o tema.” Vale lembrar que Michel Temer é um professor e um advogado, doutor em Direito. Ele foi presidente da Câmara dos Deputados por três vezes. É Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo; é também autor dos livros Constituição e Política, Territórios Federais nas Constituições Brasileiras, Seus Direitos na Constituinte e Elementos do Direito Constitucional, este último na 20ª edição, com 200 mil exemplares vendidos.

Ainda durante a conversa com o Vice-Presidente, Dr. Grim comentou que realizará um discurso na ONU – e apontará os números do Brasil e a experiência dele em território nacional. Nesse momento, Temer comentou: “Pode usar meu nome lá e dizer que o Brasil apóia a causa em Defesa da Liberdade Religiosa”. Dando sequência, os encontros ocorreram no Senado Federal. O grupo foi recebido pelo Senador Magno Malta que prontamente disponibilizou toda a equipe de seu gabinete para articular um evento dentro do Senado Federal em defesa da Liberdade Religiosa. “É fundamental discutir esse tema com a sociedade. Vivemos numa época que, para muitos, ser religioso é pecado”, comentou.

São Paulo –

De volta a São Paulo, o grupo seguiu com uma agenda de compromissos. Na quinta, dia 06 de fevereiro, a manhã começou com uma reunião com Élder Claudio Costa, Presidente da Área Brasil de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Dr. Gregory Clark, assessor legal da Igreja no Brasil, fez um relato dos eventos da semana até então. Dr. Grim, fez uma explanação geral das metas e planos da Fundação e agradeceu todo o apoio que a Igreja de Jesus Cristo tem manifestado a essa causa. E comentou: “Vejo esse trabalho como uma missão de todos nós que estamos envolvidos. O Senhor nos chamou, independente de nossas religiões. É o trabalho de Deus”. Élder Claudio Costa endossou as palavras de Brian e enfatizou: “Esse trabalho seguirá adiante porque somos um. Essa é à maneira do Senhor”. Nessa reunião estavam presentes membros da Igreja de Jesus Cristo, Adventistas, Católicos e Batistas.

O dia seguiu, e na hora do almoço, ocorreu um encontro com empresários que são membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Foi um momento de aproximação e estabelecimento de novas amizades. Os empresários Siloé Almeida, que é jornalista e Clóvis Costa ficaram animados e desejosos em apoiar essas iniciativas que seguem outras já em andamento no Brasil, como a Comissão de Liberdade Religiosa da OAB-SP e a ABLIRC – Associação Brasileira de Liberdade Religiosa e Cidadania. Siloé Almeida expressou sues comentários ao final do encontro: “Contem comigo. Podemos ajudar nos contatos com a imprensa e divulgarmos essas ações no momento oportuno”.

Na parte da tarde o grupo seguiu para uma reunião na Ordem dos Advogados do Brasil com membros da Comissão de Liberdade Religiosa da OAB. E em seguida, houve uma audiência com o Presidente da OAB – São Paulo, Dr. Marcos da Costa. Ele recebeu a todos em seu gabinete. Expressou mais uma vez gratidão a todo trabalho desenvolvido pela Comissão de Liberdade Religiosa da OAB – presidida pela Dra. Damaris Kuo. “Ela é incansável, um exemplo de dedicação e trabalho para todos nós. Graças a ela e a todos dessa comissão, os resultados são fantásticos. Avançamos muito. Somos um exemplo e modelo para outros estados e cidades. Obrigado Dra. Damaris.”, enfatizou o presidente. Estavam presentes no encontro também, o Desembargador e Presidente do TRT, Dr. Flávio Cooper, Dr. Paulo de Tarso, Presidente da OAB de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, o empresário Carlos Martins, Dr. Jader de Macedo, Vice-Presidente da Comissão de Liberdade Religiosa da OAB, Dr. Alcides Coimbra, Assessor Legal da Igreja Adventista em São Paulo, Professor Samuel Luz, presidente da ABLIRC, entre outros.

Já a noite, aconteceu o II Simpósio Internacional de Liberdade Religiosa da OAB-SP. O evento foi aberto ao público e mais de 120 pessoas estiveram presentes. Os trabalhos foram presididos por Dra. Damaris Kuo e os expositores foram: primeiro Dr. Brian Grim, após, Dr. Gregory Clark, que foi sucedido pelo empresário Carlos Martins e no fechamento dos trabalhos a fala foi ministrada pelo Desembargador, Dr. Flávio Cooper. No auditório estavam presentes advogados, empresários, estudantes de direito, religiosos e público em geral.

Jacareí –

Já na sexta-feira, 7, logo pela manhã, os organizadores dessa semana de eventos e visitas inter-religiosas seguiram para Jacareí, cidade onde está localizada a TV Novo Tempo, da Igreja Adventista. Nesse veículo de comunicação, Dr. Grim e Dra. Damaris Kuo participaram do programa Mais Sucesso, apresentado por Fernando Francisco. O MAIS SUCESSO é um programa empresarial e de empreendedorismo, que traz informações sobre o mercado de trabalho nos mais variados seguimentos. Em sua participação, Dr. Grim enfatizou aos empresários as vantagens de valorizar a Liberdade Religiosa no âmbito de trabalho: “No dia a dia, passamos mais tempo no trabalho do que em casa. E se tivermos nossas crenças e liberdades valorizadas, vamos estar mais felizes e iremos produzir mais”, defende ele.

Na TV Novo Tempo, o Pastor Edson Rosa recebeu a equipe. Sendo também um defensor da Liberdade de crença ele colocou-se à disposição para que em outras oportunidades outras entrevistas possam ser concedidas. Após a visita, todos seguiram para o Aeroporto de Congonhas, o destino agora era o Rio de Janeiro, uma visita com Dom Orani Tempesta, Arcebispo do Rio e novo cardeal da Igreja Católica.

Rio de Janeiro -

Inicialmente a visita a Dom Orani Tempesta não estava agendada, mas após o encontro com o Dom Odilo Scherer em São Paulo, as portas se abriram. Naquela ocasião, Dom Scherer ligou pessoalmente a Dom Orani e marcou a visita. E assim foi. Muito cordial, Dom Orani recebeu o grupo em seu escritório, no bairro da Glória. Ele ouviu atentamente toda a explicação de Dr. Grim, que também é católico. Fez alguns comentários e observações: “Queremos sim envolver a Diocese Carioca nesse projeto. Vou identificar uma ou duas pessoas que possam nos representar”. O arcebispo foi presentado com uma estátua de Cristo e recebeu material sobre a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Conclusão -

No final desse ciclo de visitas, Dr. Brian Grim comentou: “Volto para casa feliz e realizado. Foi uma semana histórica. Sem dúvida esse é o trabalho de Deus. Agradeço a todos que se envolveram, adventistas, mórmons, batistas, umbandistas, católicos, empresários, atletas, entre outros. Todos. A todos o meu muito obrigado”. Agora, as próximas etapas de eventos serão em março e maio em andamento aos contatos e planos realizados ao longo dessa semana.



Texto e Fotos - Nei Garcia e Fabio Nascimento – Assuntos Públicos Brasil




Foto1.jpg




Foto6.jpg




Foto3.jpg




Foto1.jpg




Foto5.jpg




Foto1.jpg




Foto2.jpg




Foto6.jpg




Foto3.jpg




Foto6.jpg




Foto3.jpg




Foto5.jpg




Foto1.jpg




Foto8.jpg




Foto2.jpg




Foto3.jpg




Foto5.jpg




Foto4.jpg




Foto6.jpg




Foto2.jpg
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...