Google Tag Manager

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Evento da ONU sobre Liberdade Religiosa em 2015

image






Membros da Igreja de Jesus Cristo marcam presença na  Global Compact +15,
evento da ONU em painel sobre Liberdade Religiosa
O brasileiro Ricardo Cerqueira Leite foi um dos palestrantes e contou com o apoio de representantes de Assuntos Públicos de Nova York
O Élder Robert D. Hales falou recentemente que “ao trilharmos o caminho da liberdade espiritual (...) devemos entender que a fiel utilização de nosso arbítrio depende de termos liberdade religiosa. (...)”. E esse tema tem motivado líderes e membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias a levantar essa bandeira.  Segundo uma pesquisa da Pew Research o Brasil está em primeiro lugar, entre os 25 países mais populosos do mundo, quando se fala em liberdade religiosa, mas se sabe que ainda há muito o que fazer sobre o assunto.  
Ricardo Cerqueira Leite, além de ser presidente de estaca é atualmente o representante no Brasil da ALRN – Associação da Liberdade Religiosa e Negócios e foi um dos palestrantes do painel A Força da Comunidade Corporativa para estabelecer um diálogo inter-religioso, ao lado dos senhores Yaya Junardy, da Indonésia e Brig Munawar Hayat Niasi, do Paquistão, durante o Global Compact +15, que aconteceu na sede das Nações Unidas, de 22 a 25 de junho de 2015, em Nova York.  O painel teve a mediação do  Dr. Brian Grim, um estudioso dos impactos da perseguição religiosa na economia e cultura de um país e, presidente da ALRN Global.
Mas, por que o diálogo inter-religioso fez parte da pauta do Global Compact +15, evento cujo objetivo é mostrar as medidas e parcerias realizadas pelo setor privado para avançar nas prioridades sociais e no desenvolvimento sustentável? “A eleição deste painel durante as conferências na ONU revela que o diálogo inter-religioso está inserido no contexto da sustentabilidade, nos seus três pilares – Social, Financeiro e do Meio Ambiente”, comenta Cerqueira Leite.  “O diálogo inter-religioso não só vai trazer tolerância entre os diferentes credos, como vai  multiplicar ainda mais o que muitas religiões já fazem para a  sociedade”.  O assunto tem ganhado muita consideração. No fechamento do dia Sir Mark Moody, chairman da Fundação Global Compact disse: “Agradecemos ao painel de Liberdade Religiosa, que discorreu sobre um ponto tão crítico e importante”.  
Estiveram presentes ainda o irmão Ryan Koch, diretor de Assuntos Públicos de Nova Iorque e os irmãos John e Bárbara Colton, do Latter-Day Saint Charities, além de outros membros. O irmão Wagner Damiani discorreu sobre as Universidades Brasileiras e a Sustentabilidade, no Prime, evento paralelo ao da ONU, mostrando que a cada dia, os membros da Igreja têm um forte  papel como agentes de mudanças na sociedade.

Fonte: Jô Ribes – Especialista Mídia Área Brasil
Crédito fotos: Ricardo Ribes

Nei Garcia – Assuntos Públicos Brasil


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...