Google Tag Manager

sábado, 2 de setembro de 2017

Merecimento e respiracao



Merecimento x respirar: que conexão há entre essas fontes?
Elisângela Lima Tapada
Psicóloga Clínica 
CRP 12/08895
(47)9 9783 2343


Podemos dizer que merecimento parte do entendimento de que tudo o que chega até nós é de nosso merecimento, seja o que for bom ou ruim, porém, o que fica pouco claro é que tanto o que chega de bom e de ruim, vem até nós, porque antes enviamos a informação ao universo de como estamos nos sentindo, ou melhor, usando um exemplo, em nossa consciência dizemos querer abundancia, porém, o que nos chega é escassez, e isso nos remete a pensar no porque essa incoerência entre o que penso e o que recebo não estar sendo condizente, não é mesmo? 

Então... geralmente falamos algo, mas estamos vibrando emocionalmente diferente e como é complexo identificar o que de fato estamos vibrando emocionalmente, acabamos desistindo de compreender como funciona a verdadeira fonte de alimentação que existe a nosso dispor, chamada universo. 

Isso acontece porque 80% de nossas escolhas são feitas por impulso inconsciente e com isso, nós “desejamos” conscientemente algo, porém ressoamos ao universo somente o que sentimos. 

Para saber mais, clique sobre Mais informações, em letras pequenas, abaixo.



Um exemplo clássico, seria sobre a abundancia, já citado acima, em que estamos cientes de que queremos algo, com muita positividade em nosso pensamento, porém, si temos alguma crença inconsciente de que não merecemos ser abundantes, nossa vibração emocional irá enviar a informação da escassez, que vem carregada de medo, angustia, ansiedade, irritabilidade, que é como estarei frequentemente emocionalmente ao longo de meus dias. 

Sabe, quando paramos para meditar e limpamos nossa mente de toda a barulheira da vida, das pessoas, das nossas ideias de nossa mente e deixamos apenas a respiração ser nosso guia? 

Ela vem traz a paz que a gente sempre busca na hora da rotina do dia. 

Então é exatamente essa paz que a gente não tem quando devia ter, ou seja, quando estamos em nossa rotina do dia, que pensamentos costumamos ter? 

Tenho que ir para o trabalho, estou com tantos minutos para chegar, poxa, hoje me apertei aqui limpando a casa e já são quase 15 min para a hora de sair e nem me arrumei, e aí, já começa o sentimento e o autojulgamento, caramba, não consigo me organizar, mas também olha essa bagunça e por aí vai... uma manada de críticas a si mesmo e a tudo e todos que estejam envolvidos nessa teia de obrigações diárias. Ok. 

E o que isso teria a ver com crenças inconscientes?, bom, si pensarmos que talvez não somos merecedores de abundancia, poderíamos então pensar que a forma que encontramos pra confirmar essa crença seja justamente a não concretização disso em dados reais, trazendo isso para o nosso dia a dia, como não conseguirmos prover nossa rotina de forma organizada onde isso nos alimenta em padrão de ansiedade, auto crítica, julgamentos a outros por não auxiliarem no processo e por ai as justificativas si acumulam, isso tudo gera um padrão de vibração emocional tenso, onde impera, ansiedade, medo, duvida, insegurança, muitas vezes sem clareza do porque estamos nos sentindo assim e nem conseguimos conectar de onde vem, porque estamos focado apenas em realizar coisas sem encontrar o real sentido delas em nossas vidas, com isso obviamente quando temos que nos focar para sentir o que desejamos, temos dificuldade em fazer, pois nossa mente foi treinada por nós para ser alerta, desperta para fora e não para dentro. 

Fazendo um fechamento desse pensamento até então o que podemos compreender é que como podemos realizar um desejo si não estamos concentrados em nossa energia emocional diária, e pensando que tudo é energia, abundancia não seria então uma energia? 

Exatamente e partindo dessa concepção, si desejo ser abundante o que creio que é importante eu fazer para entrar em contato com essa energia?

O que há em mim que me afasta dessa vibração da abundância?

Minha ansiedade no dia a dia para fazer as coisas mais simples que tenho me ajuda a me conectar na abundancia? 

Certamente que não, pois preciso estar com meu campo energético emocional sereno pra sentir como devo seguir meus passos, isso vai limpar minha mente do que é desnecessário e me trazer para o meu centro interno, me orientando intuitivamente no que devo me focar para realizar o que preciso.

Ou seja, si eu conseguir me sentir sereno no que é simples, para o que for complexo me sentirei menos inseguro para analisar o que vai demandar de mim realiza-lo e isso me trará sentimento de segurança, gerando assim, sensação de clareza de visão, força emocional pra decidir e obviamente me sentirei capaz de gerir e sustentar uma vida abundante. 

Agora, vejo que não falamos do que seria uma vida abundante, não é mesmo? 

Seria ter dinheiro em minha conta corrente disponível sem que eu me preocupe nunca mais com o saldo bancário? 

Também, mas para ter essa conta assim, o que é necessário eu desenvolver nos meus hábitos para criar essa fonte? 

Certamente estará nessa composição, organização, direcionamento, segurança nas decisões e etc, e tudo isso é construído de que forma? 

Quando estou me sentindo ansioso, de fato me perceber assim e ter uma decisão em relação a esse sintoma, ou seja, respirar. 

Olhar para o que meu corpo está me dizendo e sentir onde estou tencionando, esses sinais, me fazem ver o que devo soltar e o que devo focar, pois toda tensão simboliza medo, e isso me faz questionar o que temo? 

O que creio não ser capaz de realizar? 

O que sinto ser impeditivo a realizar o que quero? 

E com isso, vou respirando mais profundamente e minha mente será nutrida de leveza para me fazer perceber o que preciso ver e logo, conseguirei traçar um caminho mais leve para a concretização desse objetivo.

Portanto, a crença inconsciente do não merecimento pouco a pouco começa a si desmascarar e você pode passar a si perceber mais livre dentro de si mesmo.

Então, quer uma dica?

Respire.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...